s de ruaApós dois anos de dificuldades, devido ao impacto da pandemia de Covid-19, o varejo físico voltou a registrar aumento no fluxo de clientes e faturamento. De acordo com a pesquisa Índices de Performance do Varejo, as vendas no setor cresceram 22% no 1º deste ano.

Além disso, a movimentação de consumidores aumentou 48% de janeiro a junho em comparação ao mesmo período de 2021. O levantamento foi realizado pela HiPartners Capital & Work e a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo e divulgado na última sexta-feira (5).

O trabalho ainda analisou o varejo físico por lojas de rua e aquelas estabelecidas em shoppings centers.

Varejo físico – lojas de rua e em shoppings

Conforme o estudo, o varejo físico presente em shoppings centers faturou 40% a mais. Além disso, teve um fluxo de pessoas 57% maior no 1º semestre de 2022. Já o comércio de rua registrou um movimento 18% maior. E vendeu 28% a mais em relação aos seis primeiros meses do ano passado.

Considerando os 12 meses anteriores a junho, o volume de vendas cresceu 22% nas lojas de rua, que faturaram 18% a mais. Já nos shoppings, as empresas tiveram um crescimento menor nas vendas, de 11%, embora o número de pedido tenha sido 26% superior no período analisado.

Pequenos negócios puxam criação de empregos formais

Ainda considerando o 1º semestre de 2022, as micro e pequenas empresas (MPE) foram responsáveis por 72,1% dos empregos formais registrados no país. Levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com referência a dados do Ministério da Economia, aponta que o setor criou 961,2 mil dos 1,3 milhão de postos abertos nos primeiros seis meses do ano.

Considerando somente o mês de junho, os pequenos negócios concentraram 63,6% das contratações feitas no país. Em seis meses, o comércio ficou na quarta posição ao gerar 90,6 mil vagas. Em primeiro lugar ficou o setor de serviços (533 mil formalizações), seguido por construção (168,8 mil) e indústria da transformação (126,3 mil).

Gostou do conteúdo? Assine também a nossa newsletter para receber conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Seis fatores que influenciam a decisão de compras do consumidor na internet
Datas comemorativas de agosto: confira as oportunidades do mês

Conteúdo Relacionado

Marketplace martins capa
News

Marketplace Martins é solução para o varejo nesta crise

27.março

Marketplace, já ouviu falar sobre isso? Calma, antes de entrarmos de fato neste tema, vamos refletir. Quem diria que um dia poderíamos comprar tudo em um único local, sem sair de casa e com poucos cliques? Quem diria que em uma espécie de shopping virtual pudéssemos ter acesso a milhares de marcas do nosso interesse […]

Boy looks at shelves with toys in shop
News

Dia das Crianças 2022: varejo deve movimentar quase R$ 14 bilhões com a data

30.setembro

Com a expectativa de adesão de 73% dos consumidores brasileiros, o Dia das Crianças 2022 deve trazer um bom faturamento para o varejo neste ano. Conforme pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a data deve movimentar R$ 13,68 bilhões, um aumento […]

bottles of champagne
Varejo Alimentar

Espumantes ganham a preferência do consumidor e devem estar no radar do varejo

30.agosto

O consumo de espumantes está em ascensão no Brasil. Tanto que, no último ano, o volume de vendas da bebida superou o de vinhos. Logo, o varejo deve estar atento para aproveitar as oportunidades oferecidas pelo segmento. Conforme pesquisa da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), 40,4 milhões de garrafas de espumantes foram comercializadas no país […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *