A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) estimou um prejuízo menor em perdas no varejo nacional por causa dos feriados neste ano. A previsão é de que as perdas acumulem R$ 7,6 bilhões, cujo montante é 32% menor do que os R$ 11,2 bilhões esperados para 2018.

Segundo a entidade, o prejuízo será reduzido pelo número menor de feriados aos finais de semana e, com isso, menos dias emendados. No ano passado foram 15 dias entre feriados, enquanto e m 2019 serão dez dias.

Ainda que o valor aparente um grande dano ao varejo, representa 0,4% de tudo que o setor fatura em um ano, ou cerca de um dia e meio de comércio completamente fechado. A FecomercioSP não considerou na previsão os feriados estaduais e municipais que também prejudicam, em média, a atividade comercial.

A expectativa da Federação com o ano que se inicia é de muito otimismo de uma forma em geral. O faturamento no comércio varejista deve fechar com alta ao final do ano uma vez que a economia também dá sinais de recuperação mais forte. Além disso, há grandes possibilidades para mais oportunidades de trabalho e ganho de renda às famílias, impactando nos benefícios a todos os segmentos.

Atividades mais afetadas

Os setores de outras atividades, como comércio de combustíveis e artigos de papelaria, são os que devem contabilizar a maior perda com os feriados nacionais: R$ 3,16 bilhões. O segmento supermercadista perderá cerca de R$ 1,93 bilhão e também deve ter retração de 32% no comparativo com o estimado em 2018.

Outros setores econômicos que devem deixar de faturar com os feriados são farmácias e perfumarias (-31%), com perda de faturamento de R$ 1,1 bilhão, vestuário, tecidos e calçados (-32%) e móveis e decoração (-33%), com montante atingido de R$ 620 milhões.

Conteúdo Relacionado

News

Por que é um desafio investir em inovação no Varejo?

13.fevereiro

Um estudo desenvolvido com varejistas pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Laboratório de Inovação do Varejo (ProVA) apresentou a percepção de que os empresários reconhecem a importância de inserir inovação no negócio, mas que os desafios ainda são muitos.

News

Velocidade e conveniência estão entre as prioridades para o consumidor, sua loja está pronta?

08.fevereiro

Preço, qualidade, atendimento e praticidade são alguns dos fatores que estimulam o consumidor a comprar. Mas será que é o que realmente importa para os clientes do varejo? A PwC trouxe mais uma edição da Pesquisa Global Consumer Insights e assinalou que também destacam entre as preferências do shopper: velocidade e conveniência.

News

Diferencial na sua loja: como oferecer serviços dos Correios no seu varejo

07.fevereiro

Uma nova modalidade de negócio está sendo proposta pelos Correios ao varejo brasileiro. Por meio de processo seletivo, com edital aberto até o próximo dia 8 de março, as lojas interessadas poderão aderir ao canal de atendimento Correios Aqui. Com ele, os clientes poderão realizar pagamentos à vista ou a faturar dentro da própria loja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *