O varejo brasileiro se depara com uma situação atípica em razão da pandemia do novo coronavírus. A necessidade do momento é de remodelar o negócio, se adaptar e se reinventar diante das novas oportunidades de mercado. O caminho mais certo, nesse sentido, é sem dúvidas o da transformação digital.

Há tempos essa tecla vem sendo clicada e incentivada para o desenvolvimento do setor, mas visto como um entrave para os pequenos negócios. Embora o comércio vislumbre uma gradual retomada, com os governos liberando o funcionamento gradativo desde que cumprindo as medidas de biossegurança para prevenção da Covid-19, as entidades representativas acreditam que para grande parte do varejo as vendas ainda demorarão um pouco mais para se estabilizarem.

Por isso, é preciso pensar em ferramentas e ações que ajudem a loja neste momento de crise e mantenha o consumidor sempre em contato com a marca. Os canais virtuais são fortes aliados nesse desafio e provavelmente se tornarão rotina durante e após a pandemia.

Comportamento digital

Até os pequenos varejistas, principalmente lojas de bairro, que antes eram resistentes quanto à “digitalização do comércio”, agora passam a se familiarizar mais com o tema transformação digital e precisam recorrer a essa alternativa para garantir uma sobrevida para o estabelecimento.

Manter contato pelas redes sociais, enviar ofertas via WhatsApp e e-mail e aderir aos aplicativos de entrega têm sido algumas das saídas que os comerciantes estão encontrando para minimizar os prejuízos.

Hoje há vários canais como Instagram e Facebook para divulgar os produtos e serviços da loja, atraindo mais clientes. É possível ainda estudar a possibilidade de impulsionar as postagens que se quer dar destaque dentro da rede social e atingir mais pessoas e potenciais clientes.

Cada ferramenta tem suas próprias políticas de impulsionamento e, geralmente, o custo de investimento é muito baixo e o retorno do engajamento rápido.

Atraia a atenção usando boas imagens e um conteúdo criativo. O varejo alimentar, por exemplo, merece boas fotos e, acompanhadas de ações promocionais, gera ótimo engajamento na página.

Transformação digital é necessidade!

Inovar nem sempre é sinônimo de alto investimento e compra de recursos “de última geração”. A inovação pode muito bem ocorrer na loja a partir da mudança de comportamento, na rotina de compra e venda e até utilização de ferramentas que sempre estiveram bem aqui, debaixo do nosso nariz.

O WhatsApp, por exemplo, é gratuito e tem sido cada vez mais utilizado para recebimento de pedidos dos clientes. É rápido e prático. Logo agora, que muita gente tem respeitado as recomendações de isolamento social, muitos clientes optam pelo delivery e pedidos diretos feitos por esses aplicativos.

Se o lojista tem condições de entregar o pedido, seguindo todas as condições de higiene, ok. Mas outra saída é terceirizar essa entrega pelos apps de delivery.

Delivery na loja

Para quem está inserindo agora nesse ramo, o Portal Vitrine dá três dicas importantes para ter sucesso com o serviço delivery na loja. Confira:

– É preciso garantir uma previsão de entrega para o cliente e trabalhar para entregar o pedido dentro do prazo. São situações assim que vão garantir a satisfação dele.
– Dê mais opções de pagamento a ele como cartões, ticket e até por meio de aplicativos de pagamento via mobile.
– Divulgue o serviço nos canais virtuais da empresa e conte para o cliente que agora ele pode contar com esse conforto.

Leia também:

Em alta na pandemia: alimentação, higiene, farma e streaming
Fique atento às medidas tributárias durante a pandemia

Conteúdo Relacionado

compra-pelo-whatsapp
News

Maioria dos consumidores já compra pelo WhatsApp

16.abril

O WhatsApp deixou de ser um simples aplicativo para envio e recebimento de mensagens para se tornar uma das principais ferramentas digitais do varejo. É por meio dele que milhares de brasileiros passaram a efetuar suas compras, hábito que foi intensificado a partir da pandemia. E não é só perspectiva não, viu?! Uma pesquisa de […]

Woman using her mobile phone , city skyline night light  backgro
News

WhatsApp: consumidores recorrem ao aplicativo para pesquisar e comprar

05.novembro

Quem diria que um aplicativo de mensagens instantâneas mais do que representaria um meio de socialização virtual. O WhatsApp conta com cerca de 160 milhões de usuários brasileiros e ultrapassou as barreiras do varejo e hoje, inclusive com a sua versão Business, vem se consolidando como uma das principais ferramentas para estreitar a relação entre […]

telegram-nos-negocios
News

Telegram ganha força e pode ser mais um aliado nos negócios

23.janeiro

No início dos anos 2000, uma das formas de trocar mensagens via celular era através de torpedos SMS. Novas tecnologias foram surgindo e hoje os meios mais conhecidos e usados são o Whatsapp e o russo Telegram, que vem ganhando cada vez mais adeptos em todo mundo. Na semana passada, o Whatsapp, que pertence ao […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *