Acompanhar a movimentação do mercado em relação às tecnologias é importante para aliar o negócio às novidades e mostrar para o cliente que a loja busca por inovações para oferecer os melhores produtos, bem como as melhores experiências ao consumidor. Por isso, fomos atrás das principais tendências do setor e já debatidas neste primeiro mês de 2020 para mostrar a você, varejista, o que está por vir e o quê já deve ser uma realidade para o seu estabelecimento.

Sua loja acompanha o boom do mercado digital?

O comércio eletrônico vem comandando as estatísticas de crescimento de vendas e atraindo cada vez mais consumidores que querem agilidade, garantia de qualidade, porém comprando com confiança e praticidade.
Uma pesquisa feita Nuvemshop e divulgada no último ano comprovou que os varejistas brasileiros com lojas na plataforma digital de lojas virtuais fizeram no ano passado 2.028.827 vendas, ou seja, quase 80% mais que em 2018 e um faturamento estimado em R$ 457,7 milhões. O que chama a atenção é que uma boa fatia dessas vendas (22%) foi feita pelas mídias sociais.

As redes sociais já foram apontadas pela Ebit como o segundo fator influenciador de compra para os brasileiros, ficando atrás apenas dos sites de busca como o Google.

Outra tendência de que estar na internet é preciso vem diagnosticado pela consultora PwC, que assegura que metade da população brasileira compra ao menos uma vez via dispositivos móveis. A previsão é de que, até o fim do ano, o Brasil atinja a marca de 107 milhões de usuários de smartphones e tablets.

Leia também: Curva ABC: 7 dicas práticas e simples de precificação

Leia também: 2020: tempo de apostar mais na criatividade

Tendência mundial

Em janeiro também foi realizada a feira NRF 2020, nos EUA, revelando novidades do varejo global. Um dos assuntos tratados foi o uso das tecnologias, como inteligência artificial, para personalizar o atendimento. Isso quer dizer que vai ser cada vez mais comum identificar o perfil do cliente, a partir da utilização consciente de dados, para conseguir fidelizá-lo.

Essa situação já pode ser bastante usual no varejo alimentar digital já que, com base na compra e consumo do cliente, dá para identificar as preferências, a rotina alimentar dele e conseguir selecionar os produtos ideais para uma próxima compra.

Compras por assistentes virtuais: a nova voz do varejo

Um tema que também ganhou mais destaque nas últimas semanas foi a compra por comando de voz (assistentes virtuais). Algo que já está bem próximo da realidade dos brasileiros e pode ser uma forte tendência para a nova década.

O comércio de voz já é aplicado por grandes marcas como a Amazon, Magazine Luiza e o Walmart, que já se apoiam no Google Assistant para vender inúmeros produtos utilizando o sistema operacional Android de smartphones em todo o mundo.

A PwC estimou que 10% dos consumidores brasileiros já usam os assistentes virtuais para realizar compras online semanalmente. O E-Commerce Brasil ainda reforça que 15% das pesquisas no Google já são feitas via comando de voz. A expectativa é que até o fim do ano o percentual chegue a 50%.

Saia da caixinha

Se você ainda não usa as novas tecnologias a favor das vendas e dos processos internos de gerenciamento é hora de repensar a rotina. Se seu negócio está sendo pensado apenas no tradicional atendimento de balcão ou nas ações promocionais com foco exclusive no ponto de venda, reveja esse conceito para acompanhar as tendências e seguir firme no mercado e junto à concorrência.

Saia de dentro da caixinha e comece a planejar como essas inovações, que podem agregar muito ao negócio e aos objetivos da sua loja.

Conteúdo Relacionado

Marketplace martins capa
News

Marketplace Martins é solução para o varejo nesta crise

27.março

Marketplace, já ouviu falar sobre isso? Calma, antes de entrarmos de fato neste tema, vamos refletir. Quem diria que um dia poderíamos comprar tudo em um único local, sem sair de casa e com poucos cliques? Quem diria que em uma espécie de shopping virtual pudéssemos ter acesso a milhares de marcas do nosso interesse […]

consumidor dc
News

Consumidor DC, eis aqui o seu novo cliente!

27.abril

Consumidor DC, o que é isso? Estamos diante de um cenário incerto em todos os seus aspectos, especialmente os econômicos. Talvez ainda seja muito preliminar traçar o futuro daqui para frente. No entanto, algo é inegável: o mundo mudou e o comportamento do consumidor também. O comércio precisa entender que essa transformação pode impactar o mercado […]

carrinho de compras em um supermercado
News

Em alta na pandemia: alimentação, higiene, farma e streaming

20.abril

O período de pandemia pelo qual o mundo passa alterou a rotina do comércio e de consumo da população. No Brasil, parte dos estabelecimentos funciona de forma parcial e são priorizados aqueles produtos e serviços tidos como “essenciais” para a sobrevivência humana. Neste novo cenário, algumas categorias vêm se destacando e passaram a ser priorizadas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *