Falar em sortimento é mostrar o quanto a variedade do mix de produtos abre os horizontes para um maior público consumidor e pode impactar diretamente no faturamento do varejista.

Em tempos de novas tecnologias e concorrência acirrada, o investimento em um mix diversificado de produtos pode ser o grande diferencial para o negócio. Porém, isso só irá ocorrer se respeitadas algumas dicas que a Revista Vitrine do Varejo mostra nos tópicos abaixo.

Conhecendo o cliente

Para quem eu vendo? O primeiro passo para o sortimento assertivo é definir as metas de venda levando em consideração o perfil do cliente. É preciso entender as classes sociais e quais itens estão tendo maior saída ou procura, seja em relação a marcas ou preços. Após essas definições fica fácil entender quais produtos vão assegurar maior rentabilidade para a loja. E não se esqueça: ter apenas o mix “boi de piranha”, itens mais vendidos no mercado, dificulta a rentabilidade, pois são os de maior briga de preço.

Mix de Produtos
Mix de Produtos

Conhecendo o mercado

Quais são as categorias em alta? Esteja sempre atento às novidades do mercado e aos produtos que estão sendo lançados. Os indicadores do varejo também são ótimos termômetros para ajudar a definir o sortimento do mix. Segundo panorama apresentado pela GfK, empresa mundial de estudos de mercado, as categorias com maior crescimento foram as inovações tecnológicas.

O mesmo vale para as datas sazonais. Com o Dia dos Pais se aproximando, opte por uma variedade cujos produtos agradem o público e saem com mais facilidade nessa época como é o caso de barbeadores, cortadores de cabelo e smartphones, por exemplo. Cresça os olhos também para os notebooks que merecem exposição de destaque na loja.

Surpreendendo o consumidor

O que o meu concorrente está vendendo? Procure saber o que os concorrentes diretos estão comercializando e inove para fidelizar a clientela e atrair novos públicos. O sortimento deve surpreender o consumidor, oferecendo itens diferenciados ou ainda mais inovadores que “a loja do lado” não tenha. Se ele entra para comparar preços e encontra melhores opções no mix, as chances de efetuar a compra serão grandes.

Diálogo frequente

O que o meu fornecedor indica? Outra maneira para um sortimento eficaz é manter frequente diálogo com fornecedores diretos, adquirindo informações sobre lançamentos, produtos em crescimento e que cabem maior destaque no mix. Fortaleça seu relacionamento com o Vendedor do Martins, por exemplo, que tem sempre em mãos os lançamentos semanais do segmento.

Definindo estratégias

Como dispor meu mix? Depois de ter em mente toda a perspectiva para o mix é hora de alinhar as estratégias para que o sortimento atenda as necessidades dos diferentes consumidores. A seleção das mercadorias é uma das estratégias que mais oferece resultado positivo nas vendas. Considere o posicionamento dos produtos, quais são destaques para o consumidor e que ajudam a fidelizá-lo.  

Uma forma de traçar essas definições é analisando o lucro bruto dos itens que compõem as categorias. Dessa forma será possível saber quais devem continuar à mostra e os que apresentarem menor lucratividade podem ser retirados. Mas certifique-se se aquele determinado produto não continua atendendo a um público específico.

Lembre-se que estar atento às novidades para investir na diversidade e disponibilidade de produtos são bons indicadores para atrair novos consumidores, aumentando as vendas. Um exemplo disso é a alta nas vendas de TVs nos últimos anos. Um estudo apresentado pela GfK, no ano passado, mostrou que um dos maiores estímulos para a categoria é o mercado oferecer várias opções de modelos para atender todas as demandas.

Ainda segundo a GfK, o brasileiro tem investido cada vez mais em televisores, principalmente nas Smart TVs. Outro dado relevante é que cerca de 77% das pessoas que compraram uma Smart TV nos últimos dois anos optaram por um equipamento com 40 polegadas ou mais.

Conteúdo Relacionado

Fundo de telefones móveis
TEI

Smartphones seguem em alta em 2020

18.março

O varejo de smartphones no Brasil tem bastante para comemorar. O setor apresentou alta nas vendas no ano passado e, ao que tudo indica, vai fechar 2020 em crescimento novamente mesmo diante das incertezas da economia. Pelo menos é o que aponta o estudo da IDC Brasil divulgado nesta semana. O levantamento IDC Brazil Mobile […]

dispositivos wearables
TEI

Dispositivos inteligentes em alta no mercado de TIC

21.fevereiro

O ano está só começando e com ele iniciam os indicadores que devem dar uma ideia de como será o ano para os variados segmentos do varejo. No mercado de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (TIC), por exemplo, deverá haver crescimento de 4,9% nas vendas deste ano. A previsão é da consultoria IDC Brasil que […]

Samsung Smartphone
TEI

Linhas A10s, A20s e A30s chegam ao mercado com câmeras aprimoradas

19.dezembro

Alinhar bom custo-benefício com qualidade é algo que a Samsung vem trabalhando há tempos para continuar oferecendo o que há de melhor no mercado de smartphones e se destacando mundialmente com uma das principais marcas do segmento. Nós já mostramos aqui no Portal Vitrine do Varejo a maior autonomia e índice de inovação dos aparelhos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *