A pesquisa “Tendências do Consumidor em Supermercados 2018/2019”, encomendada pela Associação Paulista de Supermercados (APAS) e realizada pela empresa IBOPE Inteligência mostrou uma versão atualizada do perfil de consumo omnichannel, além do que pensam os varejistas sobre o futuro do setor.

 

Consta no estudo que 46% dos consumidores consideram como muito importante em um supermercado a oferta de produtos orgânicos, naturais ou lojas focadas em produtos saudáveis. Além disso, o autoatendimento é o segundo item na preferência (39%) do shopper à frente dos programas de fidelidade (34%). O autoatendimento (self-checkout) é importante para a classe B (47%), maioria masculina (41%) entre consumidores de 16 a 24 anos (43%), com concentração na região Sudeste (41%).

 

Entrega, pagamento, delivery e internet

A entrega (33%) e o pagamento automático no caixa por celular ou por pulseira de aproximação (21%) também são bastante relevantes na hora de o cliente escolher o local em que vai comprar. O serviço de delivery se destaca entre os consumidores das classes C2, D e E (38%), maioria feminina (35%) entre consumidoras de 16 a 24 anos (37%), concentradas nas regiões Centro-Oeste (39%) e Norte e Nordeste (37%).

Os clientes também avaliam como muito importante a opção de comprar pela internet e retirar na loja (18%), bem como os serviços de assinatura mensal de produtos (10%). Essa característica é predominante entre os homens (18%), de 35 a 54 anos (19%), com maioria nas regiões Norte e Nordeste e Centro-Oeste, ambas com 20%.

 

Mais da metade das varejistas alega insatisfação no mercado

Como alavancar o consumo de produtos de giro rápido em sua loja?

 

O setor

A maioria dos empresários entrevistados apontou como muito importante para o setor a melhoria da operação das lojas (62%), da experiência de compra do consumidor (58%), evolução na análise das informações de clientes (52%), adoção de programas de fidelidade (40%) e aumento da variedade de produtos (36%). A percepção é ainda mais elevada nos estabelecimentos de maior porte.

Em relação à tecnologia já implementada em alguns processos da loja, 35% deles responderam que investiram em novos sistemas de caixas e estoques, 25% apostaram nas redes sociais, 9% direcionaram recursos para um sistema de CRM, 8% adotaram as vendas online e 8% voltaram a atenção para a questão do self-checkout. Os aplicativos por celulares foram adotados por 7% dos respondentes que investiram em tecnologia e os leitores de QR Code em 6%.

De olho no futuro

As grandes apostas para o futuro são a otimização de vendas online e adoção de inovações tecnológicas como caixas mais rápidos, criação de aplicativos dos estabelecimentos, caixas com autoatendimento e instalação de chips em todos os produtos.

“Os supermercados estão vivendo a era de grandes expectativas dos clientes. Eles esperam diferentes experiências em canais diversos, comparam preços, procuram informações nos meios digitais e nas lojas físicas”, destacou o presidente da APAS, Ronaldo dos Santos.

Conteúdo Relacionado

Delivery Man Giving Grocery Box To Woman
Varejo Alimentar

Compra online de alimentos desponta no Brasil

12.maio

Já é possível perceber o que a pandemia do novo coronavírus vem trazendo de reflexos para o comércio físico, positivo e negativo. Também há novos horizontes quando falamos em compra online no varejo. As vendas na internet têm aumentado diariamente em razão das medidas de distanciamento social e atendendo à nova necessidade dos consumidores, que […]

compras online
Varejo Alimentar

Em tempos incertos, o varejo sempre se reinventa

24.março

O momento é crítico para todos os setores econômicos do Brasil e para o varejo não é diferente. Em virtude da pandemia do novo coronavírus, muitos estados já começaram a implementar medidas restritivas a fim de evitar a propagação do contágio. Mas antes que o desespero tome conta, muita calma nessa hora, até porque brasileiro […]

compra pelo celular supermercado
Varejo Alimentar

Apps de entrega têm mudado a rotina do varejo

13.março

O que antes era serviço exclusivo do setor de bares e restaurantes, agora está ainda mais próximo do pequeno e grande varejo. Os famosos aplicativos de entregas, como iFood, Uber Eats e Rappi, já estão sendo compartilhados também para entregas de produtos, especialmente do varejo alimentar, adquiridos diretamente das lojas via apps no celular. Além […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *