Seguro Empresarial: proteger o empreendimento é garantir a continuidade dos negócios.

É recorrente na mídia notícias sobre incêndios em lojas varejistas de diferentes regiões, mostrando como um imprevisto pode colocar em risco toda uma história empreendedora. Muitas vezes, situações como incêndio, roubo, queda de raio, desmoronamento jogam por terra anos e anos de dedicação ao negócio. Negócio esse que muitas vezes foi construído por mais de uma geração de empreendedores.

O impacto de ver seu empreendimento totalmente destruído por um incêndio, ou mesmo em situações de perda parcial provocado por alagamento, por exemplo, é muito grande. O que ameniza este impacto para o empresário é saber que pode contar com o suporte financeiro para a reconstrução. É para esta finalidade que existem os seguros empresariais.

Seguro empresarial
Seguro empresarial

Um seguro empresarial permite coberturas para todos os tipos de riscos e é indicado para qualquer ramo de atividade e porte de empresa. E engana-se que essa modalidade é financeiramente inviável. De acordo com a Tribanco Seguros, corretora do Grupo Martins, geralmente o custo anual representa menos de 1% do valor total do patrimônio do cliente.

A Tribanco Seguros esclarece mais sobre o seguro empresarial.

Por que contratar um seguro empresarial para a loja?

O seguro é a proteção que o lojista precisa para manter seu patrimônio caso aconteça algum imprevisto, pois ele cobre tanto a estrutura quanto seu conteúdo, como estoques, estrutura, entre outros.

Que tipo de cobertura é importante contratar?

Cada empresa tem um perfil e é importante avaliar quais coberturas são necessárias para aquele tipo de atividade comercial. No entanto, coberturas que são essenciais e que nunca devem faltar no seguro empresarial são: incêndio, explosão, vendaval, furacão, queda de granizo, implosão e fumaça, roubo e responsabilidade civil, que cobre situações em que um cliente sofre um dano dentro da loja, e a responsabilidade é do lojista. Além disso, protege contra contaminação e deterioração de mercadorias em ambiente frigorificado, danos elétricos e desmoronamento, entre outros.

Além de proteger a estrutura física, o que mais garante o seguro empresarial?

O seguro empresarial possui cobertura que garante as despesas fixas ou despesas com instalação em novo local, e a perda ou pagamento de aluguel do imóvel. E conta também com proteção para os equipamentos eletrônicos, móveis e empilhadeiras, por exemplo.

É aconselhável fazer seguro de empresas de pequeno porte?

Com certeza. Independente do porte da empresa, o seguro empresarial visa a proteção do patrimônio do cliente garantindo a perpetuidade da atividade comercial. E muitas vezes as pequenas empresas são as que possuem menos alternativas e suporte para enfrentar este tipo de adversidade.

O que se deve levar em conta na hora de decidir por segurar a empresa?

Que o seguro preserva o patrimônio construído durante uma vida inteira. Além de lembrar que o cuidado com a manutenção permanente da estrutura da loja é fundamental, o empresário deve considerar.

Qual é o custo benefício de um seguro?

Geralmente o custo anual do seguro empresarial representa menos de 1% do valor total do patrimônio do nosso cliente. Sem falar que o processo de regulação, se bem conduzido, leva em média 30 dias após o envio da documentação necessária, acelerando o processo de restabelecimento do negócio.

Saiba mais sobre todas as soluções de proteção para a sua empresa, sua família e seus funcionários falando com os gerentes comerciais do Tribanco.

Fale com a Tribanco Seguros
Telefone: 0800 979 3355 (opção 7 seguros) ou 3003.3366
Site: www.tribancoseguros.com.br

Conteúdo Relacionado

News

5 Dicas para melhorar a gestão de categoria da sua loja

05.março

Fidelize clientes e reduza custos de operação. O gerenciamento de categorias deve constar entre as prioridades da loja para facilitar o processo de compra do cliente e impulsionar os lucros, transmitindo a mensagem de organização.

News

Consumidor não se importa de ter padrão de compras monitorado pelo varejo

27.fevereiro

A pesquisa anual Global Consumer Insights, realizada pela PwC no ano passado, trouxe os novos comportamentos do consumidor diante ao cenário de um varejo cada vez mais digitalizado.

News

4 dicas para planejar sua vitrine e atrair mais clientes

25.fevereiro

Nem sempre a decoração ou um planejamento mais assertivo da vitrine é prioridade para os lojistas.  Acontece que esse pensamento precisa ser mudado já que a vitrine é o cartão de visitas da loja e, em muitas situações, pode ser sinônimo de atração de novos clientes e aumento no faturamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *