Prestes a completar 69 anos de história, o Sistema Martins acaba de ser indicado para uma das mais importantes premiações do país sobre relacionamento com o cliente. O maior atacado brasileiro é finalista em duas categorias do Prêmio Reclame Aqui 2022, que avalia a reputação e eficiência no atendimento de empresas nacionais.

Com o Martins Atacadista, o grupo concorre na categoria Supermercados e Atacados. A outra categoria em destaque é E-commerce Médias Operações, da qual o Martins participa pelo segundo ano consecutivo com o seu portal de comércio eletrônico voltado ao consumidor final, o eFácil.

Os finalistas do Prêmio Reclame Aqui são formados por empresas que se destacaram no suporte ao cliente durante o ano. Definidos os candidatos ao reconhecimento da plataforma, é aberta uma votação pública.

Nesta que é a 12ª edição, o prazo de votação foi aberto em 1º de setembro e segue até 18 de novembro. Toda pessoa física pode manifestar seu apoio, desde que tenha idade mínima de 18 e se cadastre no portal do Reclame Aqui. A divulgação do resultado está prevista para dezembro. (Entre aqui e vote)

Selo RA 1000 Reclame Aqui

Além de finalista do prêmio, o Martins Atacado chega à disputa com uma distinção obtida na plataforma: o selo de reputação RA 1000. Sua concessão depende do cumprimento de cinco critérios de excelência em atendimento.

Primeiro, é necessário ter ao menos 50 avaliações no site. Depois, estar qualificada nos seguintes quesitos: índices de resposta e solução iguais ou superiores a 90%, índice correspondente a clientes atendidos que voltariam a fazer negócios com a empresa igual ou superior a 70%; e média das avaliações dadas pelo consumidor igual ou superior a 7.

A nota de reputação do Martins Atacadista é 8,7, com índice de resposta em 100%, índice de solução em 92,8% e índice de novos negócios em 80,8%. Esse resultado é um dos maiores entre os concorrentes da categoria “Supermercados e Atacados”.

Finalista por dois anos seguidos

Já o portal eFácil ficou em segundo lugar na edição 2021 do Prêmio Reclame Aqui. Neste ano, a página de e-commerce disputa novamente a preferência do público na categoria “E-commerce Médias Operações”.

Criado em 2000, o e-Fácil iniciou as operações no ano seguinte com a toda da infraestrutura do Martins Atacadista. A página, que serviu de inspiração para o lançamento do portal Martins Atacado (com foco nos varejistas), recebeu inúmeras vezes a mais alta distinção do Ebit, o Selo Diamante de reputação.

Gostou do conteúdo? Assine também a nossa newsletter para receber conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Primavera e chuvas marcam Calendário do Varejo de setembro
Espumantes ganham a preferência do consumidor e devem estar no radar do varejo

Conteúdo Relacionado

e-commerce
News

E-commerce do pequeno e médio varejo é destaque no 2º trimestre de 2022

12.agosto

Com faturamento de R$ 648,9 milhões no e-commerce, o pequeno e médio varejo foi o grande destaque das vendas brasileiras pela internet no 2º trimestre deste ano. O desempenho foi 11,4% maior que o registrado no mesmo período de 2021. Os dados integram o novo relatório setorial publicado pela empresa de monitoramento de e-commerce Neotrust. […]

decisao-de-compras-do-consumidor
News

Seis fatores que influenciam a decisão de compras do consumidor na internet

04.agosto

Que a jornada de compra do consumidor no e-commerce se difere da experiência em lojas físicas todo mundo já sabe. Mas como podemos chamar ainda mais a atenção desse cliente pelo e-commerce? O que influencia a decisão de compras do consumidor na internet? A plataforma de pesquisa Google, por meio do projeto Think with Google, […]

consumidor-50-mais
News

Consumidor 50+ assume a liderança das compras pela internet

29.junho

As compras online se mantiveram até bem pouco tempo como um espaço quase que exclusivo dos considerados mais jovens. Contudo, recentes pesquisas apontam para a ascensão do consumidor 50+ (acima dos 50 anos) em plataformas de e-commerce. Em parte, o movimento é visto como resposta à pandemia de Covid-19, que limitou o acesso às lojas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *