Cuidar da pele e do rosto está entre as principais necessidades do consumidor. Não apenas por uma simples questão estética. As pessoas passaram a se preocupar mais com esses cuidados e colocaram o hábito na listinha de “vida saudável”. O varejo, por sua vez, passou a lucrar bastante com esse movimento conhecido por skincare, que nada mais é do que o uso contínuo de produtos que protegem a pele.

Uma reportagem da Forbes, com base nas estatísticas do site alemão Statista, mostrou que o mercado de produtos para a pele pode faturar o superior a US$ 190 bilhões em 2025. Em 2019, esse faturamento anual ficou na casa dos US$ 141 bi.

Além disso, o Brasil ocupa o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, considerando também os cosméticos para a pele.

Varejo surfa na onda do skincare

As farmácias e também os supermercados, que já ofertam o mix do segmento, passaram a investir mais ainda nos itens skincare e ampliaram a linha de produtos, que precisa atender os variados tipos de pele: seca, mista, oleosa e neutra.

A nível nacional, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) estimou que no primeiro semestre de 2020, durante a pandemia, a venda de produtos skincare voltados para prevenção aumentou 13%.

Já de janeiro a outubro do ano passado, os produtos de cuidados com a pele tiveram alta de 30,9% nas vendas varejistas em relação ao mesmo período de 2019. No acumulado de 2013 a 2018, a alta foi de 24,5%.

Ainda de acordo com as estimativas da Abihpec, os canais varejistas que mais detêm as vendas de skincare são farmácias e drogarias, supermercados, lojas especializadas e e-commerce e a venda direta.

O que ter na loja?

Antes de saber quais produtos são essenciais nas gôndolas, o lojista precisa ter conhecimento sobre quais itens os consumidores costumam usar no tratamento diário da pele. Por isso, o Portal Vitrine do Varejo lista um passo a passo prático de skincare:

1º: limpeza
O primeiro passo de um skincare é começar com a limpeza da pele. Que geralmente é feita com sabonete ou uma espuma de limpeza suave. Essa limpeza também pode ser complementada com águas micelares, tônicos ou alguns produtos esfoliantes. Neste último caso, a esfoliação deve acontecer em no máximo duas vezes por semana.

2º: tratamento
Em seguida, o passo é para aquelas pessoas que precisam melhorar ou tratar algum aspecto da pele, como acnes, manchas etc. Então aqui se usa loções prescritas por médicos, máscaras faciais, séruns e complexos vitamínicos.

3º: hidratação
O terceiro passo – ou segundo para quem não precisa tratar a pele – é focado na hidratação da pele. São usados cremes hidratantes ou óleos e gel.

4º: proteção
Por fim, esse passo consiste em proteger a pele com o uso de filtros solares. Para aquelas pessoas que têm a pele mais sensível, o recomendável é que o protetor solar seja repassado de três em três horas.

Com o passo a passo anotado, foque nesse mix e abasteça seu estoque de sabonetes, soluções micelares, máscaras faciais, loções hidratantes, sérum de vitamina C, algodão e protetor solar.

É uma tendência que já caiu no gosto dos consumidores, que estão dispostos a comprar esses produtos seja do segmento de farmácias ou supermercados. Entender os clientes e ter os itens que eles buscam faz toda a diferença nas vendas. E também na fidelização desses clientes. Pode parecer moda, mas o skincare chegou para ficar!

Quer receber conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão? Assine nossa newsletter.

Leia também:

Farmácias de ontem e de hoje, com ou sem pandemia
Telegram ganha força e pode ser mais um aliado nos negócios

Conteúdo Relacionado

Closeup of calendar page
Varejo Alimentar

Baixe de graça o calendário sazonal e se prepare para as datas mais importantes do ano

19.fevereiro

Estimular as vendas em plena pandemia com impactos claros à economia não parece ser uma tarefa fácil para o varejo. Mas algumas alternativas podem ser aproveitadas para reverter isso. Uma delas é, sem dúvidas, recorrer ao calendário sazonal. A sazonalidade é a oportunidade ideal para incrementar o mix, fazer ações promocionais temáticas e ajudar a […]

ovo-auxilio-emergencial-app
News

Novo auxílio emergencial começa a ser pago… e o varejo?

09.abril

A novo auxílio emergencial começou a ser pago pelo governo federal na última terça-feira (6). E sempre que o governo injeta novos benefícios à economia, o varejo naturalmente se beneficia. Embora essa expectativa seja inevitável, há de se considerar que desta vez o valor é bem inferior às primeiras fases do auxílio e vai abranger […]

higiene-e-beleza.
Varejo Alimentar

Produtos de higiene e beleza ganham destaque no consumo

02.abril

O isolamento social e as demais medidas determinadas pelas autoridades a fim de conter a propagação do coronavírus incidiram sobre o varejo brasileiro. Algumas categorias passaram a receber maior atenção dos consumidores e foram ainda mais priorizadas no carrinho de compras. É o caso dos itens de higiene e beleza. São produtos considerados essenciais para […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *