Um estudo desenvolvido com varejistas pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Laboratório de Inovação do Varejo (ProVA) apresentou a percepção de que os empresários reconhecem a importância de inserir inovação no negócio, mas que os desafios ainda são muitos.

As entrevistas foram realizadas com varejistas do setor da construção civil, vestuário e supermercados. Destes, 50% contam com loja física e online. Outros 42% ainda contam somente com a loja física e o restante apenas e-commerce.

Percepção dos varejistas quanto ao tema inovação

Entre as principais impressões observadas no estudo está a de que os lojistas compreendem que é necessário estar sempre atualizado e bem informado das novidades. Só que o problema está na velocidade que essas mudanças ocorrem, gerando ansiedade no setor devido à dificuldade de acompanhá-las. Outro ponto negativo seria o custo, uma vez que acreditam que inovar custa caro e dá trabalho.

Presidente da ABDI fala sobre o tema inovação

“As novas tecnologias e o mundo digital desafiam o varejo a evoluir seu modelo de negócio, integrando canais físicos e digitais incorporando inovação e cultura digital nos projetos no seu dia a dia e na jornada dos consumidores. Há uma necessidade crescente de aprimorar conhecimentos e incorporar novas tecnologias, buscando melhorias na gestão e nas vendas”, destacou o presidente da ABDI, Guto Ferreira.

Canais digitais

O e-book publicado pela entidade com os resultados do estudo ainda trazem a relação ao uso das tecnologias e canais digitais. 21% dos entrevistados entendem que ser digital é estar presente nas redes sociais, enquanto que 11% não têm canal online, não têm e-commerce e nem pretendem ter.

Outros 14% varejistas disseram que fazem parcerias com startups e outros fornecedores para terem mais presença digital. Para acompanhar mudanças e tendências, 25% informaram que buscam tendências no exterior, buscam compreender a mudança do consumidor (11%) e mudam a estratégia do negócio de acordo com mercado e tendências (7%).

Influência das redes sociais pode ser peça-chave para o varejo

RESUMO EM TÓPICOS

• Varejistas ainda veem desafios para investir em inovação: custa caro e dá trabalho;

• O principal fator de inovação, de acordo com os varejistas, é a digitalização: redes sociais, e-commerce, parcerias com startups, tendências internacionais e comportamento do consumidor.

 

Conteúdo Relacionado

News

Aplicativo disponibiliza consulta gratuita de CPF com nova versão

10.maio

A atualização do aplicativo “SPC Consumidor” permite que os consumidores façam a consulta gratuita de CPF por meio do smartphone. A nova versão já está disponível desde o último mês para saber se está inscrito na base de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

News

Preparado para as vendas do Dia das Mães?

08.maio

Essa pergunta precisa ser feita com pelo menos 15 dias de antecedência à data. Mas se ainda não pensou nas ações para atrair a clientela, calma que ainda está em tempo. O Dia das Mães é uma das principais datas para o comércio brasileiro e deve ser planejada com sucesso para que os resultados sejam […]

News

Fique ligado: Webinar gratuito sobre Operador de Checkout!

22.abril

O Operador de Checkout desempenha um papel fundamental no varejo por ter uma relação próxima com o consumidor, que relata sua experiência de compra ao passar pelo caixa. Por isso, a escolha certa desse agente resulta em um bom relacionamento com os clientes e, consequentemente, mais vendas para a loja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *