Enquanto a pandemia de Covid-19 afetou em cheio alguns setores econômicos, principalmente por causa do isolamento social, as vendas de produtos de consumo de massa (em inglês Fast Moving Consumer Goods – FMCG) tiveram aumento muito acima do esperado. Nesse contexto, destaque para a seção de limpeza.

O FMCG é considerado produtos de consumo em massa embalados com alimentos, bebidas, laticínios, cuidados pessoais, cuidados domiciliares e alimentos para animais de estimação.

Conforme dados apresentados no relatório anual Winning Omnichannel, da Kantar, o mercado de FMCG cresceu 10% em 2020 em relação a 2019 em 42 países, o que representa crescimento de R$ 220 bilhões.

Entre as razões para esse crescimento apresentadas pela pesquisa está no consumo familiar dentro de casa. Elas deixaram de frequentar ambientes externos por causa do risco de contaminação pelo novo coronavírus.

Destaque para a seção de limpeza

O reflexo desse comportamento afeta diretamente outro tipo de FMCG, como o de cuidados com o lar. O segmento cresceu 9,8%, sendo que o foco na higiene e na seção de limpeza fez com que o crescimento de alvejantes e outros produtos chegasse a 25% e 21% respectivamente. Além disso, a categoria lava louça teve um aumento de 12%.

Setores que já correspondiam à maior porcentagem de FMCG em 2019, como bebidas, laticínios e alimentos, tiveram crescimentos de 8,6%, 10,3% e 11,4% respectivamente. Muito por causa dessa mudança de comportamento mais caseira por parte da população durante boa parte de 2020.

Enquanto algumas categorias de FMGC se beneficiaram com a Covid-19, outras, como do setor de Saúde e Beleza, tiveram resultados negativos. A categoria foi a única que teve queda. De acordo com a Kantar, maquiagem oscilou negativamente no patamar de 17%, sendo que produtos de limpeza de mãos e corpo acelerou 16%.

Cuidados no varejo

Com o retorno lento do que podemos chamar de novo normal na vida da população mundial, os varejistas devem se adaptar à essa realidade. Saber adequar a loja a esse momento é importante para quem busca se manter com as portas abertas em meio a instabilidade econômica que passa o mundo.

Entre os cuidados estão a manutenção da limpeza sempre em dia, organização dos displays, controle de estoque e agilidade na reposição dos produtos. O consumidor ainda segue desconfiado com a pandemia. Então é importante facilitar a experiência dele na loja oferecendo segurança e organização para que ele encontre o que precisa de forma rápida e segura. Lembre-se sempre de oferecer opções de higienizadores para uso imediato.

Além dos benefícios ao consumidor final, o varejista também tem que se preocupar com os colaboradores. Ofereça boas condições sanitárias de trabalho, além de oportunidades de qualificação. Até porque uma equipe organizada e motivada gera bons resultados e, consequentemente, lucro.

A pandemia chegou para dar uma mudada em alguns velhos costumes. E de alguma maneira, mudou de vez a rotina dos consumidores e do varejo. O novo normal já é uma realidade. E cabe ao mercado se ajustar para atender o shopper, seja na loja física ou online.

Gostou do que leu? Aproveite para se inscrever na nossa newsletter e receber conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Simples Nacional pode ser pago pela plataforma Pix
Delivery no varejo agora é necessidade

Conteúdo Relacionado

carne-vermelha
Varejo Alimentar

Preços disparam e carne vermelha cede espaço para o ovo

25.maio

A carne vermelha é um dos alimentos mais consumidos no Brasil, mas um dado tem preocupado o mercado. Com a alta nos preços do quilo, o produto apresentou a menor queda percentual de vendas em 25 anos. Bom para outros alimentos proteicos como o ovo, que teve aumento no consumo como substituição na mesa do […]

loja-fisica
Varejo Alimentar

Pesquisa aponta que loja física continua na preferência do consumidor

05.maio

Uma pesquisa divulgada no mês passado aponta que o canal preferido do brasileiro para compras diárias ou semanais continua sendo a loja física. A informação está na edição 2021 da Global Consumer Insights Pulse Survey, da PwC. Apesar de tantas mudanças que aconteceram em decorrência da Covid-19, principalmente em relação ao comportamento de compras, o […]

higiene-e-beleza.
Varejo Alimentar

Produtos de higiene e beleza ganham destaque no consumo

02.abril

O isolamento social e as demais medidas determinadas pelas autoridades a fim de conter a propagação do coronavírus incidiram sobre o varejo brasileiro. Algumas categorias passaram a receber maior atenção dos consumidores e foram ainda mais priorizadas no carrinho de compras. É o caso dos itens de higiene e beleza. São produtos considerados essenciais para […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *