Omnicalidade é a palavra da vez quando se trata de futuro do varejo alimentar. A expressão tem origem no inglês (omnichannel) e diz respeito à convergência entre lojas físicas, virtuais e compradores.

Para 2022, essa integração do mundo online com o off-line deve ser cada vez maior dentro do setor. É o que apontam especialistas que participaram nesta quarta-feira (1º) de um webinar organizado pela plataforma E-Commerce Brasil.

No encontro virtual, esteve presente o especialista em varejo e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Olegário Araújo. O bate-papo também contou com o CEO da Vip Commerce, Fernando Bravo.

Omnicalidade – Online como aliado

“As necessidades do consumidor são sempre as mesmas, mas a forma de consumir está mudando”, pontuou o especialista em varejo, que disse ainda durante a live: “Não é questão de modismo”.

A frase é um alerta para os supermercadistas diante da perspectiva de um 2022 possivelmente desafiador. O cenário de consumo é considerado incerto pelos economistas devido à ameaça de recessão e a alta do desemprego. A redução no poder de compra da população e a migração para marcas mais baratas já são uma realidade.

A saída está em aceitar os canais digitais como aliados para manter clientes e conquistar novos consumidores. “A loja online é também instrumento de relacionamento. Não é necessariamente fechar venda. Ela funciona como catálogo, canal de contato”, disse Fernando Bravo.

Omnicalidade – Interação gera vendas

Na visão do CEO da VipCommerce, é nesse ponto que entra a proposta da omnicalidade. Tendo um perfil online, o varejista reforça sua interação com o público. Logo, o canal digital deixa de ser uma versão da empresa física, mas se integra a ela no processo de vendas.

“Nem sempre o consumo vai estar na interação, mas quase sempre a interação vai gerar consumo”, observou.

Olegário Araújo, por sua vez, ressaltou que em 2020 o varejo alimentar precisa entender a tecnologia como modelo de negócio.

“O caminho é resolver o problema do consumidor da forma mais conveniente, com menos atrito e de maneira mais econômica. Esse consumidor, além de mais informado, mais digital e com mais opções, vai continuar com menos dinheiro no bolso. É preciso usar a tecnologia para superar um ano difícil”, ressaltou.

Gostou desse conteúdo? Se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Resultados da Black Friday: eletroportáteis ganham destaque em 2021
Experiência do cliente deve ditar tendências de consumo em 2022
Com 13º salário, consumidores se preparam para as compras de Natal

Conteúdo Relacionado

comportamento-de-compra
Varejo Alimentar

Comportamento de compra: consumidores pesquisam pela internet antes de ida ao supermercado

13.dezembro

Um novo estudo sobre o comportamento de compra de clientes de supermercado reforça o quanto estar online é importante. Conforme os dados, 73% dos brasileiros pesquisam pela internet antes de irem às compras no setor. Além disso, 16% afirmam comprar semanalmente por meio do celular. As informações fazem parte da pesquisa Jornada de Compra do […]

bottles of champagne
Varejo Alimentar

Espumantes ganham a preferência do consumidor e devem estar no radar do varejo

30.agosto

O consumo de espumantes está em ascensão no Brasil. Tanto que, no último ano, o volume de vendas da bebida superou o de vinhos. Logo, o varejo deve estar atento para aproveitar as oportunidades oferecidas pelo segmento. Conforme pesquisa da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), 40,4 milhões de garrafas de espumantes foram comercializadas no país […]

programa-de-desenvolvimento-smart
Varejo Alimentar

Programa de Desenvolvimento Smart: UMV promove capacitação para filiados da Rede

06.abril

Atenta à necessidade de aprimoramento constante dos filiados, a Rede Smart promove há anos capacitação para os seus clientes. Estamos falando do Programa de Desenvolvimento Smart (PDS), que é gratuito e com a pandemia mudou o formato de presencial para online. O Programa de Desenvolvimento Smart atende filiados dos ramos de varejo alimentar, construção e […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *