O WhatsApp deixou de ser um simples aplicativo para envio e recebimento de mensagens para se tornar uma das principais ferramentas digitais do varejo. É por meio dele que milhares de brasileiros passaram a efetuar suas compras, hábito que foi intensificado a partir da pandemia.

E não é só perspectiva não, viu?! Uma pesquisa de mercado identificou que 8 em cada 10 consumidores brasileiros já compraram algum produto pelo app. O estudo foi desenvolvido pela empresa Hibou e revelou que 79% dos consumidores já adquiriram algum serviço ou produto pelo WhatsApp para uso pessoal, seja na versão business ou a tradicional.

Essas pessoas compraram fazendo o pagamento por meio de links de pagamento, transferência bancária ou na entrega do produto. Desses, 57% responderam continuar fazendo compras pelo canal.

Além disso, a pesquisa identificou que 98% da população do território nacional já criou uma conta no aplicativo e 93% utilizam a plataforma no dia a dia.

Esse uso serve para manter contato com familiares ou para utilização comercial, no caso de comerciantes e profissionais autônomos. A maioria dos usuários (56%) ainda prefere o WhatsApp a outra ferramenta da mesma categoria.

Muito tempo conectados

Outro dado relevante observado pelo levantamento da Hibou é que os consumidores que utilizam o serviço passam pelo menos 24% do tempo diário conectados no WhatsApp.

Ou seja: é lá que o consumidor está e é lá que o varejo precisa estar presente também para aproveitar a oportunidade de venda. De acordo com a pesquisa, entre as preferências de quem compra pelo WhatsApp estão:

  • Canal direto com a marca ou vendedor (81%);
  • Ter o histórico da conversa ou compra (69%);
  • Receber promoções em primeira mão (53%);
  • E facilidade para conseguir realizar alterações no pedido (30%).

Tudo isso mostra que o consumidor busca praticidade, segurança, agilidade e exclusividade no processo de compra pelo Whatsapp. Dessa forma, com o custo baixo, a ferramenta se torna a aliada perfeita para os negócios. Além disso, contribui para aproximar a loja e a marca do público consumidor.

Mais um ponto vantajoso de tudo isso é que, recentemente, o Banco Central autorizou o WhatsApp a permitir transferências bancárias pelo próprio aplicativo. As transações já estão disponíveis para o aplicativo nos celulares e em breve funcionarão em larga escala.

Atendimento personalizado no mínimo

Os consumidores que responderam à pesquisa também fizeram algumas críticas ao uso do aplicativo por parte dos comerciantes. Por exemplo, 88% criticaram o canal aberto pós-compra porque, muitas vezes, a loja continua enviando propagandas indesejáveis dos produtos, mesmo que estes não tenham semelhança com os produtos adquiridos anteriormente.

Além disso, 74% dos consumidores reclamaram da modalidade, uma vez que não conseguiram ter contato direto com alguns vendedores. Algumas marcas optam por utilizar o aplicativo no formato chatbot e isso afasta o consumidor da satisfação dele em ter um atendimento mais atencioso e personalizado.

Outros 55% dos entrevistados elencaram que o pior era ser ignorado ou receber a resposta tarde demais para o pedido feito no canal de mensagens.

Gostou do assunto? Clique aqui que nós vamos te mostrar mais 6 motivos para usar o WhatsApp nos negócios.

E aproveite para assinar a nossa newsletter e receber notícias em primeira mão.

Leia também:

Higienização no PDV deve ser prioridade no varejo
Novo auxílio emergencial começa a ser pago… e o varejo?

Conteúdo Relacionado

Imagem digital gerada do conceito de compras
News

Transformação digital no varejo, agora vai?

23.abril

O varejo brasileiro se depara com uma situação atípica em razão da pandemia do novo coronavírus. A necessidade do momento é de remodelar o negócio, se adaptar e se reinventar diante das novas oportunidades de mercado. O caminho mais certo, nesse sentido, é sem dúvidas o da transformação digital. Há tempos essa tecla vem sendo […]

delivery-no-varejo
News

Delivery no varejo agora é necessidade

12.maio

O que antes era visto como tendência, agora é realidade necessária. O serviço de delivery no varejo passou a ser essencial na rotina do comércio e não apenas de alimentos, mas em todos os segmentos. A pandemia transformou o consumo mundial. Muita gente só teve as entregas em domicílio para recorrer durante os períodos de […]

telegram-nos-negocios
News

Telegram ganha força e pode ser mais um aliado nos negócios

23.janeiro

No início dos anos 2000, uma das formas de trocar mensagens via celular era através de torpedos SMS. Novas tecnologias foram surgindo e hoje os meios mais conhecidos e usados são o Whatsapp e o russo Telegram, que vem ganhando cada vez mais adeptos em todo mundo. Na semana passada, o Whatsapp, que pertence ao […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *