Realizar liquidações na loja pode ser um ótimo atrativo para queimar o estoque antigo e ainda atrair novos clientes e fidelizar os antigos. Muitos brasileiros já ficam de olho nessas ações para adquirirem produtos que desejam por um custo menor e com a mesma qualidade.

Um estudo realizado pelo IBOPE Conecta apresentou que um quarto dos internautas brasileiros (24%) efetua suas compras por meio de liquidações e queimas de estoque. Entre os itens preferidos para essas compras os celulares (39%) e eletrodomésticos (38%) se destacam, além de artigos de vestuário que acabam liderando a lista. O levantamento foi feito neste ano com consumidores das classes A, B e C, de todas as regiões brasileiras.

O gasto médio por pessoa é de R$ 302,03, sendo que a maior parcela dos entrevistados (27%) gasta mais de R$ 501. Outros 20% gastam de R$ 101 a R$ 200, 16% de R$ 201 a R$ 300, 11% de R$ 401 a R$ 500, mesmo percentual dos que gastam entre R$ 301 e R$ 400 e de R$ 51 a R$ 100.

 

Loja física x virtual x formas de pagamento

A pesquisa mostrou ainda que não importa se a liquidação é feita na loja física ou pelo e-commerce porque há público para os dois canais e, quase metade dos entrevistados (47%), responderam que costumam comprar nos dois tipos de loja. Os que buscam somente em loja física somam 31% e os que preferem a loja virtual, 22%.

A preferência para o pagamento é de cartão de crédito (73%), em seguida os consumidores optam mais pelo dinheiro 52% e 42% no débito. Há ainda 27% que optam pelo boleto, 8% pelo PayPal, 7% pelo crediário e 4% por transferência bancária.

Dentre os que pagam com cartão de crédito, 29% parcelam em três vezes, mesmo percentual dos que pagam em seis prestações ou mais. Outros 14% optam por pagar em quatro vezes. Os entrevistados que optam pelo crediário correspondem a 52% dos consumidores e parcelam em seis ou mais vezes.

 

Novo perfil do consumidor brasileiro não perde uma promoção

Janeiro marca temporada de liquidações no varejo brasileiro

 

Por que liquidar?

As liquidações vêm sendo boas opções não apenas para dar a devida saída àqueles produtos que estão há temos nas prateleiras, como também auxiliam no momento em que a crise econômica ainda deixa incertezas ao mercado varejista.

Liquidar se torna uma oportunidade de garantir fluxo ao caixa, turbinando as vendas na loja, e também atraindo os consumidores que estão sempre à procura de preços atrativos. Para isso, os lojistas precisam planejar a campanha para identificar quais itens devem ser liquidados.

Em seguida, é sempre bom dar visibilidade à ação promocional seja nas redes sociais da loja ou até mesmo com faixas e vitrines chamativas que indiquem os descontos que estão ocorrendo no interior da loja. No caso do varejo online, as ferramentas de marketing digital podem ser interessantes na divulgação da campanha ou até mesmo links patrocinados nas redes sociais para se alcançar um maior número de consumidores.

Conteúdo Relacionado

Note-10-Smasung
TEI

NOTE 10: experiência de cinema na palma da mão

29.outubro

Esqueça tudo o que você conhece em performance de smartphone até aqui. Agora se permita vivenciar uma experiência única com os novos Galaxy Note10 e Note10+ que foram projetados para se assemelharem ao desempenho de um computador, mas com todos os comandos na palma das mãos. Jogue, grave e edite vídeos profissionalmente e ainda conte […]

Dia das crianças
Varejo Alimentar

Dia das Crianças: É hora de preparar a loja, como está a sua?

04.setembro

Existe sensação melhor que a de esperar pelas vendas de uma data importante com sua loja totalmente preparada? O mês de outubro já bate à porta e com ele chega o Dia das Crianças, uma das datas sazonais mais expressivas para as vendas durante o segundo semestre. Mas se você ainda não está em dia, […]

tecnologia
varejo

Tecnologia marca avanços do varejo: De olho no mercado

26.agosto

A grande peça-chave do mercado está no uso das novas tecnologias, para perceber isso basta fazer um compilado das principais notícias veiculadas sobre o varejo nas últimas semanas. Chegamos em um patamar onde não dá para ignorar que os avanços das plataformas digitais estão diretamente ligados aos resultados positivos do mercado varejista. Utilizar a tecnologia […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *