Quem pretende montar uma loja virtual ou já conta com o mecanismo do e-commerce agregado ao negócio precisa ter o item “frete” bem consolidado para fidelizar o cliente até a etapa final do processo de compra.

Para isso, algumas ferramentas surgem para disponibilizar ao varejista a possibilidade de garantir essa eficiência como é o caso do “gateway de fretes”.

Um estudo realizado pelo instituto internacional Baymard registrou que 60% dos consumidores no mundo têm o hábito de desistir da compra por causa da taxa de entrega elevada. É nessas horas que o gateway de frete vira um grande aliado para o negócio.

Essa ferramenta funciona como um elo entre as plataformas de gestão das lojas virtuais com as transportadoras que atuam com e-commerce. Dessa forma, ocorre um leque maior de opções de transporte das mercadorias para tornar os valores mais acessíveis tanto para o varejista quanto ao consumidor.

O mecanismo funciona de forma prática. Depois que o consumidor escolhe os produtos e adiciona ao carrinho de compras, é informado o CEP para a entrega. Esses dados são remetidos para o sistema de gateway que, automaticamente, apresenta as opções de despacho que o lojista oferece, incluindo os Correios se for o caso. Dessa forma, cabe ao próprio cliente escolher a melhor opção conforme valores e prazos mais acessíveis.

Benefícios

Além da variedade de opções para o cliente e maior possibilidade de a compra ser concluída, o gateway tem outras inúmeras vantagens para o e-commerce.

Com a ferramenta, o cálculo do frete passa a ser mais certeiro porque considera mais de um tipo de taxas da entrega. O varejista passa a atingir melhor performance nas vendas, com mais transparência e agilidade no processo da compra.

Outro benefício está no controle de custos porque, dependendo do sistema contratado, o lojista consegue acompanhar todos os gastos gerados com o serviço de transporte, além de determinar variações, ocorrência de reajustes e realizar comparativos entre os valores.

Conteúdo Relacionado

News

5 Dicas para melhorar a gestão de categoria da sua loja

05.março

Fidelize clientes e reduza custos de operação. O gerenciamento de categorias deve constar entre as prioridades da loja para facilitar o processo de compra do cliente e impulsionar os lucros, transmitindo a mensagem de organização.

News

Consumidor não se importa de ter padrão de compras monitorado pelo varejo

27.fevereiro

A pesquisa anual Global Consumer Insights, realizada pela PwC no ano passado, trouxe os novos comportamentos do consumidor diante ao cenário de um varejo cada vez mais digitalizado.

News

4 dicas para planejar sua vitrine e atrair mais clientes

25.fevereiro

Nem sempre a decoração ou um planejamento mais assertivo da vitrine é prioridade para os lojistas.  Acontece que esse pensamento precisa ser mudado já que a vitrine é o cartão de visitas da loja e, em muitas situações, pode ser sinônimo de atração de novos clientes e aumento no faturamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *