Nos últimos quatro anos, o mercado de farmácias tem crescido, tanto em volume de vendas, como em número de lojas. De acordo com a Febrafar, Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias, nesse período foram abertas mais de 6 mil farmácias, saindo de 74.294 unidades em 2016 para 80.665 lojas em 2020.

O faturamento também teve um salto nesse mesmo período, passando de R$ 95,63 bilhões para R$ 132,80 bilhões, um crescimento 38,9%. Quando falamos em faturamento estamos tratando de todo produto comercializado no varejo farmacêutico. Seja medicamentos e não medicamentos, que inclui suplementos, produtos de perfumaria e higiene pessoal, por exemplo.

Agora falando em números mais atuais, somente este ano, até novembro, destaque para as farmácias independentes, que são as que estão fora dos grandes centros urbanos, que cresceram 18,2%. De acordo com especialistas, o fator que impulsionou essa evolução no número de lojas independentes está diretamente relacionado à pandemia causada pela Covid-19. Diante do isolamento social imposto pelos órgãos públicos, a população passou a comprar os itens de medicamentos e não medicamentos na farmácia próxima de sua casa.

Futuro das farmácias

O mercado segue aquecido para os próximos anos, no curto, médio e longo prazo. Entre os fatores que levam esse crescimento está a essencialidade. Já que medicamentos não são uma escolha de compra, e sim uma necessidade.

Outro ponto está relacionado às patologias epidêmicas, ou seja, que são as doenças que atingem grande parte da população do país, mas em curto espaço de tempo. Isso leva às pessoas às comparas de remédios para tais enfermidades, como febre amarela, dengue, zica e H1N1, por exemplo.

Há ainda outros indicadores que farão esse mercado de farmácias seguir evoluindo. Mas a grande questão do mercado de farmácias é entender que esse negócio deixou de ser, há um tempo, um espaço somente para compra de medicamentos e sim um estabelecimento relacionado à saúde e bem-estar.

Vai prosperar o empreendedor que entender que a farmácia precisa atuar nesse modelo e, claro, de forma digital. E isso não quer dizer apenas na questão das vendas, mas do relacionamento. Cada vez mais é preciso conhecer melhor o seu público, a frequência dele na farmácia, o que ele mais busca, para, de fato, entregar o que ele quer e como ele quer comprar, se online ou off-line.

Workshop sobre farmácias

Quer saber mais sobre esse mercado de farmácias? Participe do Workshop que vai tratar sobre os desafios na pandemia, transformação digital e tendências para 2021 no segmento de farmácias. O evento será no próximo dia 8, às 17h, de forma online e totalmente gratuito.

Será com o presidente da Febrafar, Farmarcas e Rede Ultra Popular, Edison Tamascia, que vai falar sobre cenários e perspectivas de Farma para 2021; e com o consultor de varejo Cleir Júnior, com informações relevantes sobre o uso dos indicadores de performance para a gestão dos negócios com foco na lucratividade. O consultor de marketing digital Thiago Muniz também participa do workshop, abordando as mudanças provocadas pela pandemia com um olhar mais digital.

Leia também:

Pix e as vantagens para a sua loja
Cerveja: ruptura do produto é a maior da história

 

Conteúdo Relacionado

não medicamentos
Farma

Não medicamentos impulsionam varejo farma

22.dezembro

O faturamento das redes de farmácias associadas à Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar) chegou a 22,95%. O percentual a mais é referente aos primeiros dez meses de 2020 no comparativo com 2019. A grande parcela nessa alta foi justificada pela crescente nas categorias de não medicamentos. De acordo com estimativa […]

onsumidores-de-farmacias
Farma

Preço e localização motivam consumidores de farmácias

16.junho

Aquela expressão de que “existe uma farmácia em cada esquina” faz cada vez mais sentido. Os consumidores de farmácias buscam melhorar as experiências de compra e prezam por dois fatores principais: preço e localização. O público tem pesquisado antes de comprar itens nas drogarias em busca do preço mais acessível e também tem preferência pelas […]

Closeup of calendar page
Varejo Alimentar

Baixe de graça o calendário sazonal e se prepare para as datas mais importantes do ano

19.fevereiro

Estimular as vendas em plena pandemia com impactos claros à economia não parece ser uma tarefa fácil para o varejo. Mas algumas alternativas podem ser aproveitadas para reverter isso. Uma delas é, sem dúvidas, recorrer ao calendário sazonal. A sazonalidade é a oportunidade ideal para incrementar o mix, fazer ações promocionais temáticas e ajudar a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *