As vendas de material de construção no mês de junho apresentaram desempenho estável em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda segundo as estimativas da Pesquisa Tracking Mensal da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), houve crescimento de 2% no acumulado do ano e de 3% nos últimos 12 meses.

E no cenário geral?

Na comparação com o mês passado o setor teve queda de 6% no mês, impactada pela diminuição da confiança do consumidor. O Índice Nacional da Expectativa do Consumidor (Inec), medido pela Confederação Nacional da Indústria, registrou segunda queda consecutiva, apontando uma piora na percepção dos brasileiros sobre o emprego e o aumento do endividamento das famílias.

“Toda vez que a confiança do consumidor é abalada, mesmo que minimamente, ele deixa de investir em reformas e construção. Nosso setor depende de planejamento, o nosso cliente não faz compras por impulso. Ele precisa se sentir confiante de que vai conseguir não só começar, mas terminar a obra”, comentou o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.

Por região, como ficou?

A região que mais sofreu a retração foi o Centro-Oeste, com 17% de queda. A pesquisa ainda mostrou decréscimo expressivo nas vendas da região Nordeste (15%), no Norte e Sudeste, com 7% ambas. O Sul do País foi o único com patamar positivo e registrou aumento de 10% entre maio e junho.

As categorias que se destacaram no período foram telhas de fibrocimento e tintas, que cresceram 2%. Em compensação, as vendas de revestimentos cerâmicos caíram em 3%.

O otimismo em relação ao Governo Federal nos próximos 12 meses retraiu 8% no período. O levantamento também mostrou que 47% dos entrevistados pretendem realizar investimentos em 2019. Já cerca de 16% dos entrevistados declararam que têm a intenção de contratar novos funcionários em julho.

 

Sugestão de leitura:

Autosserviço em lojas de materiais de construção já é realidade no mercado

Marketing digital: Tendências para acertar nas campanhas

Conteúdo Relacionado

materia material de construcao
Material de Construção

Varejo de material para construção cresce 2,5% e faturamento passa de R$ 200 bi

22.fevereiro

O faturamento do varejo de material para construção cresceu 2,5% em 2022. Ao todo, o setor fechou R$ 207,4 bilhões em vendas. Conforme o dado, superou as expectativas em um ano marcado por inflação, redução do poder de compra do brasileiro e com retração na indústria de materiais para construção. Os dados são de acordo […]

construcao-civil
Material de Construção

Construção civil: tecnologia e sustentabilidade são tendências para o setor

20.setembro

O mercado de construção civil está em constante evolução. O varejo deve estar atento às tendências que prometem dominar o setor nos próximos anos. Tecnológico e sustentável, o segmento aposta em materiais e soluções diversas das tradicionais para atrair um consumidor cada vez mais exigente e em busca de marcas que tenham boas práticas em […]

datas-comemorativas
Varejo Alimentar

Datas comemorativas ajudam a alavancar vendas no varejo

11.abril

Estar por dentro das datas comemorativas é uma importante estratégia para alavancar as vendas. Por meio delas, varejistas encontram uma referência de planejamento para desenvolver campanhas. Nesse desafio, a Universidade Martins do Varejo (UMV) e o Martins.com.br disponibilizam o Calendário do Varejo 2022 para cinco segmentos. De acordo com o especialista em gestão de varejo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *