O ano está só começando e com ele iniciam os indicadores que devem dar uma ideia de como será o ano para os variados segmentos do varejo. No mercado de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (TIC), por exemplo, deverá haver crescimento de 4,9% nas vendas deste ano. A previsão é da consultoria IDC Brasil que destacou a alta de dispositivos inteligentes.

De acordo com o gerente de consultoria e pesquisa em Consumer Devices da IDC Brasil, Reinaldo Sakis, o mercado de caixas de som inteligentes (smart speakers) apresenta novos dispositivos e versões atualizadas como a capacidade de entender comandos no idioma em português do Brasil. Embaladas por esses dispositivos, a estimativa das vendas é de crescimento de aproximadamente 50% em unidades, além de 40% em valor.

Leia também:

Cadastro Positivo: confira entrevista com a Quod

Tecnologias de mãos dadas com as vendas

Os dispositivos wearables – acessórios eletrônicos que podem ser compostos como parte do vestuário do consumidor – devem impulsionar aumento de 62% nas unidades vendidas, com 498 milhões peças, e 71% em valor monetário. O varejista pode impulsionar ainda mais as vendas do segmento oferecendo mais ofertas desses produtos especialmente ao usuário de médio poder aquisitivo.

“A expectativa também é de entrada desses produtos no segmento corporativo, algo que até então não vimos no Brasil. Alguns exemplos são wearables sendo usados na indústria ou na área da saúde”, comentou Sakis.

O gerente ainda pontuou sobre os dispositivos domésticos conectáveis, os smart home, que também tendem a crescer com ofertas de segurança e vigilância para a casa. Essas unidades podem apresentar alta de 55% no número de itens vendidos e a 40% em valor diante da redução de alguns preços e maior competição.

Investimentos de empresas vão estimular mercado

O mercado brasileiro de TI deve se manter com a alta já estimada pela IDC de 5,8% por conta do crescimento do mercado de nuvem e da aceleração no mercado de software. O mercado de telecomunicações terá crescimento discreto de 0,7%, impulsionado pelos serviços de dados, e no mercado corporativo a TI crescerá 7,6% em 2020.

O mercado deverá ser estimulado também pelos investimentos no setor corporativo, com tendência para aquisição de mais de R$ 2 bilhões em dispositivos.

“Atualmente, as pequenas e médias empresas são o motor de crescimento deste tipo de oferta. Quando o mercado entra em um nível de maturidade e apresenta baixos índices de crescimento, todos procuram alternativas e essa parece ser uma boa oportunidade. O cliente fica com a melhor máquina disponível no mercado e paga uma mensalidade para uso, manutenção e atualização”, afirmou Sakis.

Conteúdo Relacionado

datas-comemorativas
Varejo Alimentar

Datas comemorativas ajudam a alavancar vendas no varejo

11.abril

Estar por dentro das datas comemorativas é uma importante estratégia para alavancar as vendas. Por meio delas, varejistas encontram uma referência de planejamento para desenvolver campanhas. Nesse desafio, a Universidade Martins do Varejo (UMV) e o Martins.com.br disponibilizam o Calendário do Varejo 2022 para cinco segmentos. De acordo com o especialista em gestão de varejo […]

produtos-organicos
Varejo Alimentar

Pesquisa mostra que produtos orgânicos oferecem oportunidades ao varejo

04.fevereiro

Com a pandemia, a procura por produtos orgânicos aumentou. Conforme a Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis), os consumidores associam esse tipo de produto a saúde. Em 2020, constatou-se um aumento de 30% no mercado e a tendência se manteve em 2021. É o que mostra a recente pesquisa da instituição em parceria com a […]

calendario varejo 2022
Varejo Alimentar

Calendário Varejo 2022: como se preparar para cada data sazonal

12.janeiro

Trabalhar as datas comemorativas para incrementar e alavancar as vendas da sua loja não é novidade para você. Assim como se planejar para executar as ações do ano todo. Para te apoiar nessa caminhada, está no ar o Calendário Varejo 2022, exclusivo para cada segmento e com informações detalhadas das principais sazões. O calendário, que […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *