A contratação de crédito por parte dos pequenos varejistas é uma realidade que, em muitas situações, precisa ser considerada para investir nos negócios. Contudo, o período econômico que ainda segue em recuperação lenta se torna um grande entrave. Uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelou que mais de um terço dos lojistas considera difícil contratar algum tipo de crédito atualmente.

Além disso, apenas 18% da amostra veem facilidades e outros 14% não têm opinião formada sobre o assunto. Entre os principais problemas apontados estão a burocracia e garantias exigidas pelas instituições financeiras, bem como a percepção de juros elevados.

Entre a parcela minoritária que considera simples o processo de contratar crédito, as principais razões são o bom relacionamento que eles mantêm com o banco (63%) e o fato de estarem com o pagamento das contas sempre em dia (44%).

 

 

Segundo o presidente da CNDL, José Cesar da Costa, a aprovação do Cadastro Positivo pelo Congresso Nacional vai poder otimizar esse cenário. “Com o Cadastro Positivo, as instituições financeiras poderão realizar uma análise de crédito mais assertiva e completa, o que deve reduzir as taxas de juros e ampliar o acesso ao crédito, principalmente para as empresas de menor porte que hoje estão a margem desse mercado”, analisa o presidente.

Conforme o estudo, a intenção dos micro e pequenos empresários em procurar crédito pelos próximos 90 dias segue baixa. Em abril deste ano, o Indicador de Demanda por Crédito apontou que somente 15% desse público do varejo manifestaram a intenção de contratar algum tipo de crédito pelos próximos três meses, contra 68% que garantiram não estar interessados em buscar recursos de terceiros.

 

Atenção: facilitação de crédito aos pequenos negócios entra em vigor!

Iluminação da loja: como ela impacta nas suas vendas

Dos entrevistados, 41% alegam ser possível manter suas empresas com recursos próprios. O mesmo percentual de 41% não vê necessidade em contratar crédito neste momento. Outra justificativa foi o fato de as taxas de juros serem altas ou ainda por simples insegurança com os rumos da economia do País.

INVESTIMENTOS

O levantamento revelou ainda que 37% dos micro e pequenos empresários querem investir em seus negócios ante 39% que não têm essa intenção nos próximos três meses. Quem sinaliza os investimentos tem como objetivo aumentar as vendas, expandir o negócio para atingir uma demanda em crescimento ou para adaptar a empresa às novas tecnologias.

Dentre os empresários que demonstram a intenção de investir, as finalidades mais comuns serão a compra de maquinários e equipamentos (34%), ampliação de estoques (27%), reforma das instalações da empresa (23%) e investimentos em divulgação, mídia e comunicação (19%).

Conteúdo Relacionado

Grocery store checkout
News

Vendas no varejo ficam acima da expectativa mesmo na crise

22.maio

Os reflexos da crise mundial ocasionada pela pandemia da Covid-19 começam a ser aferidos pelos indicadores econômicos e com o varejo não seria diferente. O fechamento do comércio e índice de desemprego resultaram em uma perda nas vendas de 2,5% no mês de março. Contudo, é preciso reforçar que a expectativa era de números ainda […]

FDC em BH
News

FDC entre as 10 melhores escolas de negócios do mundo

20.maio

Parceira da Universidade Martins do Varejo (UMV), a Fundação Dom Cabral (FDC) segue se destacando no cenário internacional de ensino voltado para o desenvolvimento de negócios. O jornal Financial Times divulgou o novo ranking “Financial Times Executive Education 2020” e revelou que a instituição está entre as 10 melhores escolas de negócios do mundo. De […]

Conceito de meios de comunicação social
TEI

Celular é meio mais usado para acessar a internet

07.maio

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – Tecnologia da Informação e Comunicação (PNAD Contínua TIC), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referente ao ano de 2018, comprovou que o celular é o principal canal de acesso à internet no Brasil, atingindo quase todos os brasileiros. A conexão via aparelho celular […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *