O varejo precisa começar a se preparar para focar ações de marketing e vendas no público consumidor feminino. No próximo dia 8 de março (segunda sexta-feira do mês) será celebrado o Dia da Mulher, ótima oportunidade para estimular as vendas para a data.

Qual o perfil de consumo da mulher brasileira?

Um estudo feito pela Nielsen em 2016 avaliou o perfil de consumo da mulher brasileira e mostrou que as mais vaidosas representam 36,4% da população feminina e gastam 48% acima da média das mulheres com produtos de cuidado pessoal, com uma frequência 17% maior. Essa clientela tem entre 19 e 35 anos de idade e tem o costume de comprar nos canais porta a porta, perfumaria e farmácia. Por isso, a data deve priorizar especialmente produtos voltados para a saúde, bem-estar e beleza.

O que destacar no ponto de venda para o Dia da Mulher?

Desde decoração, promoções ou o incremento do mix, o lojista já pode começar a preparar o ponto de venda para atrair olhares das mulheres para a data que apresenta grande potencial de consumo.

Dia de compras para o Dia da Mulher e quais categorias evidenciar

O calendário sazonal indica que no fim de janeiro já é o momento para iniciar as compras para o Dia da Mulher. As categorias de beleza e similares precisam estar em evidência com itens como loções corporais, artigos de maquiagem em geral, produtos de cuidados com os cabelos e com a pele, por exemplo. Outros itens como depiladores elétricos, secadores de cabelo e chapinhas também podem ser colocados em destaque dentro da loja para despertar o interesse de compra na cesta de presentes.

Rentabilidade em datas sazonais

“É preciso criar um histórico das vendas ano a ano e acompanhar para evoluir. Quando isso é feito direitinho, a loja pode aumentar a rentabilidade entre 6% e 10%. Quando se fala em datas mais tradicionais, como o Dia das Mães, da Mulher e Natal, esse número pode chegar a 20%”, disse o consultor farmacêutico, Cleuber Pacheco da Silva.

Baixe o calendário trimestral do Varejo Alimentar e Farma pelo Flix do Varejo Freemium!

Quando decorar a loja e quais ações promover para o Dia da Mulher?

O ambiente pode ser decorado com a data temática no dia 25 de fevereiro. Já no dia 8 de março, promover uma ação pontual, por exemplo, faz toda a diferença. Ofereça um botão de rosa ou alguma outra flor para as mulheres que entrarem na loja. A consumidora se sentirá homenageada e confortável para efetuar as compras. Bombons ou balas com mensagens de carinho parabenizando a mulher pela data também são ações certeiras.

Devo usar a rede social para divulgar o Dia da Mulher?

As redes sociais da loja podem ser ótimas aliadas para divulgar as promoções para a data, destacar os produtos sazonais e até mesmo fazer sorteios. “Crie um concurso cultural destinado para o público feminino em que para participar é preciso curtir o Facebook da loja, por exemplo. A premiação dessa ação pode ser uma cesta de presentes de produtos com shampoo, condicionador, máscara e creme de tratamento e ainda uma coloração que ela pudesse escolher a cor”, disse Cleuber.

Quando desmontar as ações do Dia da Mulher?

Ao término da data, as ações e decorações específicas podem ser desmontadas no dia 10 de março uma vez que, no próximo mês, já é hora de iniciar o planejamento para o Dia das Mães.

Conteúdo Relacionado

Farma

Saiba como vender mais na temporada inseticidas e repelentes

05.fevereiro

O período de chuvas e a decorrência das altas temperaturas elevam bastante a procura dos consumidores por inseticidas e repelentes. Com as férias escolares e a semana de carnaval, o mercado fica ainda mais aquecido.

News

Como se preparar para vender mais no carnaval de 2019?

23.janeiro

Há quem diga que o ano só começa depois do carnaval, mas para o varejo o ditado é mais do que mito. A época sazonal deve ser aproveitada para melhorar o faturamento da loja. Além disso, dar atenção para aqueles itens com maior procura no período. Para alcançar os resultados, antecipar os preparativos e colocar o […]

Varejo Alimentar

Gastos com itens de higiene e beleza voltam a ser priorizados no Brasil

14.novembro

Os consumidores brasileiros voltam a apresentar mudanças no comportamento de compra depois de terem sido acompanhados por um longo período de recessão econômica e, consequentemente, ter readaptado os gastos com as compras do mês. Uma análise feita pela Nielsen revelou que os itens de higiene e beleza estão sendo priorizados e inclusive demonstrando crescimento nas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *