Que a jornada de compra do consumidor no e-commerce se difere da experiência em lojas físicas todo mundo já sabe. Mas como podemos chamar ainda mais a atenção desse cliente pelo e-commerce? O que influencia a decisão de compras do consumidor na internet?

A plataforma de pesquisa Google, por meio do projeto Think with Google, elenca seis fatores que influenciam a decisão de compras do consumidor na internet. A lista resulta de um estudo publicado em 2019 sobre estratégias de marketing que podem se beneficiar do comportamento humano para alavancar as vendas.

Decisão de compras do consumidor

O estudo foi realizado junto a compradores e simulou mais de 300 mil cenários de compras em diversas categorias, como varejo, viagens e serviços. Os participantes foram estimulados a escolher sua primeira e segunda marcas prediletas e submetidos a alguns fatores para testar a possibilidade de mudança nas opções. O teste incluiu marcas fictícias.

Conforme o Google, diante de determinados estímulos, o consumidor pode mudar de ideia quanto às suas preferências. A marca menos eficiente no teste, que era um produto fictício de cereal, reverteu a preferência de 28% dos compradores em relação a uma marca estabelecida e considerada vantajosa. Entre as vantagens, essa marca oferecia 20% a mais de cereal grátis e era avaliada em cinco estrelas.

Após analisar os resultados, o Google chegou nos seguintes fatores de influência na decisão de compras do consumidor na internet:

  1. Quanto mais objetivo melhor: Posts com descrições curtas de características-chave dos produtos tornam a decisão de compras do consumidor mais simples.
  2. Não deixe o cliente esperando: Esse é o poder do agora a seu favor. O Google observou que a demora em dar retorno ao cliente enfraquece a vontade de compra.
  3. O poder da confirmação social: Nada é mais persuasivo do que ter o produto recomendado e bem avaliado por outras pessoas.
  4. Escassez também vende: O interesse por um produto tende a aumentar na mesma proporção em que o volume ofertado diminui.
  5. O poder da autoridade: Se um especialista ou fonte confiável recomenda, o interesse pelo produto também cresce.
  6. A beleza do gratuito: Os consumidores costumam preferir produtos que trazem benefícios extras e gratuitos. Se tem um mimo grátis, o produto tem maior chance de ser escolhido.

Gostou do conteúdo? Assine também a nossa newsletter para receber conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Datas comemorativas de agosto: confira as oportunidades do mês
Presente do Dia dos Pais deve ficar na média de R$ 100 no varejo físico

Conteúdo Relacionado

consumidor-50-mais
News

Consumidor 50+ assume a liderança das compras pela internet

29.junho

As compras online se mantiveram até bem pouco tempo como um espaço quase que exclusivo dos considerados mais jovens. Contudo, recentes pesquisas apontam para a ascensão do consumidor 50+ (acima dos 50 anos) em plataformas de e-commerce. Em parte, o movimento é visto como resposta à pandemia de Covid-19, que limitou o acesso às lojas […]

comportamento-de-compra
Varejo Alimentar

Comportamento de compra: consumidores pesquisam pela internet antes de ida ao supermercado

13.dezembro

Um novo estudo sobre o comportamento de compra de clientes de supermercado reforça o quanto estar online é importante. Conforme os dados, 73% dos brasileiros pesquisam pela internet antes de irem às compras no setor. Além disso, 16% afirmam comprar semanalmente por meio do celular. As informações fazem parte da pesquisa Jornada de Compra do […]

notificacao
News

Notificações de aplicativos de lojas motivam as compras por impulso

11.outubro

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Sebrae, aponta que as notificações de ofertas de aplicativos de lojas são as que mais favorecem as compras por impulso. Na opinião de 58% dos entrevistados, esse é o meio que mais leva […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *