A Euromonitor International, em pesquisa de mercado divulgada neste ano, mostrou que o Brasil é o quarto maior país no mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, o que inclui no segmento cosméticos, perfumaria e produtos de higiene. Nós só perdemos para os Estados Unidos, China e Japão. O atual cenário vem impulsionando ainda mais esse segmento e ditando algumas regras para esse consumo.

A experiência do shopper em relação a essas categorias também está sendo alterada e alguns novos hábitos ocorrem, demandando do varejo uma maior atenção para reverter o quadro em vendas.

Portanto, veja algumas das principais tendências de consumo de itens de higiene pessoal e beleza. As dicas vão ajudar a melhorar a percepção mercadológica para a loja.

1. Do It Yourself

O movimento DIY (do it yourself), o famoso “faça você mesmo”, também vem ganhando força nesse segmento. Antes era fomentado apenas para as atividades de decoração e construção civil. Os shoppers estão saindo menos de casa e têm preferido por fazer as compras com maior segurança. Com isso, os itens que auxiliam no “autocuidado” têm se destacado mais.

Isso porque o consumidor, em razão da Covid-19, passou a fazer mais procedimentos de cuidados com os cabelos e pele dentro de casa. Ao invés de recorrer a salões e barbearias. Loções corporais e faciais ganham mais espaço nesse cenário. Já que o consumidor também está mais preocupado com o próprio bem-estar.

2. Linha completa de produtos

Ainda partindo dessa ideia de que os cuidados pessoais em casa estão em voga, as fabricantes brasileiras e redes varejistas têm percebido uma maior procura pela linha completa de produtos de determinados segmentos.

Por exemplo, a categoria de cuidados para os cabelos. Quando o cliente geralmente busca o tradicional xampu e o condicionador, assim como a máscara para tratamento dos fios. Ou ainda no segmento de coloração. Que além da tinta ele acaba comprando pincel, luvas, água oxigenada e alguma máscara para hidratação.

3. E-commerce x cuidados pessoais

Comprar produtos de higiene e beleza pelos canais virtuais também é visto como uma forte tendência para o setor. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), é sentido um aumento das compras por e-commerce, WhatsApp, entre outros canais digitais.

Além de o consumidor estar mais suscetível a optar por essa experiência de compra, vista como satisfatória por ele, o comportamento também pode ser relacionado com a preferência do shopper por compras mais bem planejadas, com melhor custo-benefício.

4. Sustentabilidade como critério

A sustentabilidade também se tornou um dos quesitos primordiais para nortear as vendas no segmento. O caderno de tendências 2019/2020, feito pelo Sebrae em parceria com a Abihpe, já havia reforçado que o “conceito de ingredientes de beleza de origem natural está se expandindo e as marcas buscam promover a sustentabilidade por meio da incorporação de abordagens locais e de desenvolvimentos em biotecnologia”.

A partir da maior conscientização dos consumidores, a demanda por produtos que usem ingredientes naturais e sustentáveis em sua composição vem ganhando força.

De acordo com a pesquisa “O novo consumidor pós Covid-19”, feita pela consultoria McKinsey, essa preocupação do shopper com a sustentabilidade será um dos aprendizados proporcionados pela pandemia da Covid-19.

Leia também:

Óleo de soja lidera alta de preços nos supermercados
Pão industrializado ganha maior destaque na pandemia

Conteúdo Relacionado

não medicamentos
Farma

Não medicamentos impulsionam varejo farma

22.dezembro

O faturamento das redes de farmácias associadas à Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar) chegou a 22,95%. O percentual a mais é referente aos primeiros dez meses de 2020 no comparativo com 2019. A grande parcela nessa alta foi justificada pela crescente nas categorias de não medicamentos. De acordo com estimativa […]

bread-4227279-1280
Varejo Alimentar

Pão industrializado ganha maior destaque na pandemia

22.outubro

O pão é alimento presente na vida da maioria dos brasileiros. Dificilmente vamos chegar em uma casa que não tenha aquele pãozinho de cada dia. Seja ele francês, artesanal ou industrializado, que acompanha o café da manhã ou da tarde nos lares brasileiros. No período pandêmico, em que os consumidores mudaram alguns hábitos alimentares, a […]

higiene-e-beleza.
Varejo Alimentar

Produtos de higiene e beleza ganham destaque no consumo

02.abril

O isolamento social e as demais medidas determinadas pelas autoridades a fim de conter a propagação do coronavírus incidiram sobre o varejo brasileiro. Algumas categorias passaram a receber maior atenção dos consumidores e foram ainda mais priorizadas no carrinho de compras. É o caso dos itens de higiene e beleza. São produtos considerados essenciais para […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *