As expectativas para a edição 2022 da Black Friday Brasil seguem altas. Conforme levantamento divulgado nesta quarta-feira (9) pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), as vendas no varejo físico devem chegar a R$ 4,2 bilhões. O resultado será o maior desde que a sazão entrou para o calendário nacional, em 2010.

A previsão veio depois que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que as vendas no varejo cresceram 1,1% entre agosto e setembro. Para a CNC, a perspectiva de realização da Copa do Mundo é o principal impulso para a Black Friday.

“É um momento muito importante para o comércio de bens e serviços e, com o incremento das promoções de itens voltados à Copa de Mundo de Futebol, o segmento deve encerrar bem o ano”, avalia o presidente da CNC, José Roberto Tadros.

Copa do Mundo alavancando vendas

A Copa do Mundo, realizada no Catar, começa em 18 de novembro. Já a Black Friday está marcada para o dia 25. Segundo a confederação, o Mundial deve ter um impacto de R$ 1,4 bilhão no varejo durante o período de promoções.

O comércio de móveis, eletrodomésticos, artigos pessoais e eletrônicos devem ser responsáveis por 48% do faturamento previsto para a Black. A CNC ainda prevê que o varejo supermercadista movimente R$ 910 milhões.

Em terceiro lugar na lista dos que mais devem faturar nas próximas semanas está o setor de vestuário, calçado e acessório. Nesse segmento varejista, a movimentação estimada é de R$ 700 milhões.

E-commerce também em alta

No comércio virtual, as apostas são mais altas do que no varejo físico. De acordo com a Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm), a sazão deve movimentar R$ 6,05 bilhões.

A estimativa da entidade supera em 3,5% em relação ao desempenho da Black em 2021. Além disso, projeta-se que o número de pedidos chegue a 8,3 milhões.

Telefonia, eletrônicos, informática, eletrodomésticos e eletroportáteis, moda, beleza e saúde lideram a preferência do consumidor. A pesquisa da ABComm indica que a oferta de frete grátis pode influenciar em até 90% a decisão de compra dos consumidores.

Varejo precisa ser estratégico

Neste ano, as principais pesquisas sobre varejo apontam que a omnicalidade, que é a integração entre físico e virtual, será a grande aliada na conquista do consumidor. Além disso, é preciso ser estratégico.

Antecipação da Black Friday, uso de cashback para estimular novas compras pagamentos pelo telefone diretamente com vendedores em loja, reforço de estoques para a demanda do Natal e uma sólida estratégia multicanal, trabalhando a conveniência, são alguns dos recursos à disposição do varejista.

No blog Fala Mart, há ainda conteúdos exclusivos sobre a Black Friday, com orientações específicas para cada segmento. Como preparar a loja, ideias para promoção e formas de fazer divulgação estão entre os materiais de destaque.

Gostou do conteúdo? Assine também a nossa newsletter para receber conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Programa de Desenvolvimento Smart é reestruturado e ganha formato híbrido
Varejo muda estratégia e panetones ganham versões menores para atrair consumidor

Conteúdo Relacionado

13-salario
News

Varejo deve reforçar estratégias para capitalizar chegada do 13º salário

24.novembro

Ao menos 36% dos trabalhadores pretendem usar o 13º salário para as compras de Natal. Outros 22% planejam empregar o dinheiro extra com as celebrações natalinas ou de Ano Novo. E 21% querem comprar algo para si mesmos. Os dados fazem parte da pesquisa realizada pela Câmara Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) junto ao Serviço […]

Vector,Realistic,Isolated,Neon,Sign,Of,Cyber,Monday,Lettering,For
News

Cyber Monday favorece fortalecimento de canais virtuais do varejo

17.novembro

A primeira segunda-feira após a Black Friday pode ser o cenário perfeito para as lojas físicas fortalecerem sua marca no ambiente virtual. Batizada de Cyber Monday, a “Segunda-feira Cibernética” tem se popularizado cada vez mais no país. Mais do que extensão de uma das maiores sazões brasileiras, a data conquistou características próprias. Criada em 2005 […]

pds-smart
News

Programa de Desenvolvimento Smart é reestruturado e ganha formato híbrido

07.novembro

O Programa de Desenvolvimento Smart (PDS) está em processo de reestruturação. A capacitação oferecida gratuitamente aos filiados Rede Smart, do Sistema Martins, estará em formato híbrido a partir de janeiro de 2023. Dessa forma, o aperfeiçoamento em gestão junto aos filiados passará a ser promovido de forma presencial e virtual por meio da Universidade Martins […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *