Todo mundo sabe que o atendimento ao cliente deve ser prioridade de uma loja. A experiência de consumo do shopper está cada vez mais ligada às inovações tecnológica e mais ainda ao quanto o varejo consegue personalizar a venda para ele. É inegável que os clientes procuram por praticidade, qualidade e economia para o bolso e no tempo.

O Portal Vitrine do Varejo tem acompanhado as principais tendências de atendimento ao cliente para serem aplicadas na loja em 2020 e traz aqui seis delas. Confira:

1 – Atendimento multicanal

Neste ano, o atendimento ominichannel volta a ficar em evidência não só no e-commerce. Os clientes estão interessados em interagir com os produtos, serviços ofertados e ter maior conhecimento sobre os itens adquiridos.
Seja pelas plataformas digitais da loja ou no próprio ponto de venda, as equipes precisam estar prontas para atender a demanda e prestar as informações em tempo real, com o atendimento diferenciado. É importante que a loja seja multicanal e esteja com o discurso alinhado entre os colaboradores para garantir a esse potencial cliente ominichannel a satisfação com a compra.

2 – Autoatendimento

O mercado varejista vem se aperfeiçoando quanto à instantaneidade nas vendas. Dito isso, o autoatendimento segue como uma tendência forte antes presente na maioria das vezes nas grandes redes varejistas. A empresa Nuance divulgou uma pesquisa em que mostrou que 75% dos clientes têm preferência pelo autoatendimento para resolver problemas e dúvidas.

Canais como os segmentos de FAQ – perguntas frequentes – ou ainda chatbots devem ser considerados na lista de investimentos da loja para garantir a satisfação do cliente especialmente nessas horas de dúvidas ou reclamações.

Leia também:

Tecnologias de mãos dadas com as vendas
5 canais para conversar com seu consumidor

3 – Personalização do atendimento

Permita que o cliente se sinta especial e identifique com a marca. De acordo com um levantamento da Accenture, 75% dos consumidores têm maior probabilidade de comprar em lojas que conhecem seus nomes e recomendam produtos com base em histórico de compras.

A partir de ferramentas tecnológicas como o Big Data e o Business Intelligence, o lojista consegue conhecer melhor seu público-alvo e direcionar as compras com resultados imediatos para as vendas.

4 – Transparência nos processos

Da mesma forma que o consumidor moderno está disposto a compartilhar os dados pessoais em busca de um atendimento mais personalizado, ele também se preocupa com a segurança dessas informações. A contrapartida do varejo é usá-las com responsabilidade e respaldado pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Mas a transparência que o shopper atual procura também vai além da coletagem de dados e engloba as políticas de preços da loja, impostos e os bastidores das operações internas e externas que acabam envolvendo a jornada de compra.

5 – Pagamentos instantâneos

Os pagamentos instantâneos começam a ser implantados pelo sistema financeiro e podem começar a ser realidade ainda neste ano. O novo modelo de pagamentos já vem sendo desenvolvido pelo Banco Central e deve revolucionar a forma como lojistas e consumidores lidam com o dinheiro e transferências bancárias no Brasil.

Com o intuito de reduzir as altas taxas de transferências financeiras, o pagamento via QR Code poderá se tornar uma modalidade de pagamento menos onerosa, mais segura e mais rápida.

6- Emocionalmente conectado

A ideia de que o consumidor está propício a adquirir produtos e marcas que estejam diretamente ligados ao seu posicionamento emocional fica ainda mais forte em 2020.

O shopper está à procura de conteúdos que pregam a ética e marcas que sejam politizadas e que se posicionem. É por isso que a missão e os valores das empresas devem estar direcionados ao que o público busca e aos valores pessoais deles, para que haja uma identificação e, posteriormente, fidelização dele com a loja.

Conteúdo Relacionado

tecnologias
News

Tecnologias de mãos dadas com as vendas

04.fevereiro

Acompanhar a movimentação do mercado em relação às tecnologias é importante para aliar o negócio às novidades e mostrar para o cliente que a loja busca por inovações para oferecer os melhores produtos, bem como as melhores experiências ao consumidor. Por isso, fomos atrás das principais tendências do setor e já debatidas neste primeiro mês […]

Marketplace martins capa
News

Marketplace Martins é solução para o varejo nesta crise

27.março

Marketplace, já ouviu falar sobre isso? Calma, antes de entrarmos de fato neste tema, vamos refletir. Quem diria que um dia poderíamos comprar tudo em um único local, sem sair de casa e com poucos cliques? Quem diria que em uma espécie de shopping virtual pudéssemos ter acesso a milhares de marcas do nosso interesse […]

Turnover no varejo
News

Turnover no varejo: como reduzir os impactos na loja

28.janeiro

A alta rotatividade de funcionários pode se tornar um problemão para a empresa. Seja por demissões ou por pedidos de demissão, o chamado turnover impacta grande parte do varejo e acaba sendo uma tarefa difícil para driblá-lo. Os varejistas acreditam que na maioria dos casos o que mais pesa na insatisfação dos colaboradores é a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *