Já falamos aqui na Vitrine sobre algumas dicas para se preparar para as principais demandas da Páscoa, mas como aproveitar essa data festiva além do chocolate e do bacalhau?

Vamos imaginar uma situação comum: uma mulher vai às compras para adquirir os ingredientes do almoço de quaresma. O que a levou a sua loja foi a oferta de um peixe com preço extremamente baixo. Ao chegar lá, ela opta por outro peixe congelado que tem preço levemente maior, mas que é de sua preferência. Perto do peixe tem vinhos brancos em oferta e legumes em bandeja, além de azeite e pacotes de azeitonas em conta para servir com o peixe. A impressão final é que o lojista pensou em tudo, e é verdade.

Pensar nos hábitos de compra para prever o mix de produtos sazonais é extremamente importante, mas não acaba aí. A cliente talvez tenha se decidido a não comprar ovos de chocolate nessa páscoa devido aos preços altíssimos dos ovos, mas ao chegar ao caixa, enquanto espera na fila, vê pacotinhos transparentes com três coelhinhos de chocolate, ou pequenos ovinhos coloridos, e começa a pensar em quantas crianças vão estar presentes no domingo de Páscoa. Ao fim da compra, a cliente não só levou o peixe em promoção, mas os ingredientes do prato de acompanhamento, a bebida e algumas lembrancinhas para as crianças da família. Afinal, se ela de fato precisava comprar estes itens, porque não do seu mercado?

Talvez a nossa compradora não siga um caminho tão previsível, mas certamente os hábitos de compra sazonais nos mostram escolhas mais prováveis em períodos como a Páscoa. E todo varejista precisa se preparar para esse momento e abraçar as oportunidades do aquecimento do setor.

Vamos a dicas importantes para acabar com a ideia que a páscoa é só sobre chocolate:

#1 Antecipar seu mix de Páscoa: compras

É importante antecipar os produtos relacionados à Páscoa para evitar rupturas na sua loja. Considerando que a Páscoa vai além do chocolate, bacalhau e ovos recheados, saber o mix adequado para a venda de páscoa ajudará a planejar a compra para o período. É por meio deste planejamento do mix sazonal que você poderá garantir que as entregas dos produtos em loja ocorram no período adequado, o que te permitirá atender a demanda de seus clientes. Dica extra: atente-se no ritmo de consumo que seus clientes tem, assim poderá comprar quantidades adequadas para evitar futuras perdas.

#2 Mix ideal: se não é só chocolate, é o que?

Na época de Páscoa a venda de ovos de chocolate não permite grande flexibilidade da margem unitária, mas alguns outros produtos sim.  A exploração do mix de acompanhamentos para os produtos âncora de Páscoa é uma estratégia importante para acelerar a compra por impulso.

Por exemplo: peixe é um produto âncora na quaresma, vinhos brancos são bons acompanhamentos para peixes – assim como azeite e azeitonas – portanto a probabilidade de aumentar a venda por impulso aumenta ao colocar bons rótulos de vinho próximos aos peixes. Idem para azeites e azeitonas.

Frutas, Legumes e Verduras são elementos complementares para os pratos desta estação, portanto sugere-se compor gôndolas com batatas, cebolas, pimentões, cenouras, temperos e molhos.

E peixes? Dependendo do poder de compra do seu cliente você pode mudar o mix de peixes que oferece. Quer algumas ideias? Vamos lá: Sardinha (em lata ou congelada), atum, peixes de rio (mais acessíveis em algumas regiões), mariscos congelados, iscas de peixe congeladas, bacalhau com custo mais acessível, etc.

E não se esqueça de opções muito usadas para substituir a carne: queijo, creme de leite e ovos.

#3 Atenção a cestas e itens Diet: ofertas

Cestas são opções frequentemente mais baratas e possuem alto valor simbólico como presentes. Devido ao aumento do preço médio de ovos de chocolate industrializados, a substituição por outros produtos similares, como cestas e caixas de chocolate, é constante.

Além disso, temos a relevância da busca por produtos dietéticos. Em 10 anos, no Brasil, o número de diagnósticos de Diabetes aumentou 61,8%, motivo pelo qual a procura de produtos dietéticos também aumentou drasticamente na última década. No período de Páscoa a inclinação de compra de produtos doces também afeta diretamente a procura por doces dietéticos, razão pela qual você deve se preocupar em ter opções de produtos sem açúcar ou até mesmo pequenas cestas contendo Chocolates Diet, castanhas e compotas dietéticas, que podem ser inseridas próximas a biscoitos integrais e pães.

#4 Check Stand: vendas por impulso

Check Stand é uma ilha de produtos próxima aos checkouts da loja. Muitas vezes a ocupação destas gôndolas é destinada a pequenos produtos de conveniência para os clientes do mercado, mas e na Páscoa?

Preencher estes espaços com ofertas de chocolates e doces é técnica conhecida, mas qual é a proporção que você ocupa com cada produto?

E os pequenos coelhos de chocolate, cenouras ou pequenos pacotes com kits de três coelhinhos para quem esqueceu o presente dos sobrinhos na última hora? Hábitos de compras devem ser levados a sério quando tratamos de datas comemorativas. Desde a motivação de compra até a oferta de kits e presentes que cabe no orçamento do seu público.

#5 Entrar no espírito da Páscoa: decoração e merchandising

Nem só de oferta vive a loja! Trabalhar na decoração é superimportante para levar o consumidor ao espírito festivo de Páscoa: a limpeza da loja, decoração colorida, equipe uniformizada, orelhinhas de coelho, fitas coloridas e músicas alegres, tudo vale para mudar o clima do lugar!

Pode parecer pouco, mas sair de uma rua movimentada para um espaço colorido e festivo pode ser o suficiente para relaxar o consumidor e tranquilizar algumas de suas preocupações cotidianas, permitindo-o pensar mais sobre o tempo que passará em família e planos que terá para o feriado.

#DICA BÔNUS

E se você não vende chocolates e ovos de páscoa, nem peixes e legumes? Essa data também é para você. Alguns consumidores preferem presentear seus familiares com artigos religiosos, perfumes, colônias, flores e sapatos. Em datas festivas muitas vezes o consumidor busca apenas representar o símbolo da festividade por meio de presentes simples. Se sua loja vende acessórios ou flores, nada impede que sua oferta seja anunciada em torno do hábito de presentear, de substituir o chocolate por opções diferentes.

Aliás, no varejo o importante é ser criativo e se preocupar com oferecer qualidade e bons preços para quem visita a sua loja. E, acima de tudo, organizar tudo muito bem para que o seu cliente se sinta a vontade na sua loja: bom atendimento, com a sua compra facilitada e seu tempo poupado por ter escolhido o lugar certo para comprar.

Boas vendas e uma ótima páscoa para vocês!

Edite online um Jornal de Ofertas com tema de Páscoa e produtos da sua loja: software gratuito para assinantes do Flix do Varejo!

 

 

Conteúdo Relacionado

Varejo Alimentar

Como preparar sua loja para a Páscoa?

21.março

Passadas as festividades de Carnaval, muitos cristãos começam a se preparar para a festa da ressurreição de Cristo, ou seja: o domingo de Páscoa.

22
Varejo Alimentar

Automação no varejo facilita processos e aumenta competitividade

12.setembro

A automação pode ser explicada pelo uso de tecnologias e sistemas que otimizam os processos internos da empresa. Essa prática é cada vez mais comum nos variados segmentos de mercado e vem ganhando espaço considerável dentro do varejo.

Varejo Alimentar

Leitura de véspera: estimativa prevê crescimento nas vendas de Páscoa em 2019

18.abril

As vendas estimuladas pela Páscoa no varejo em todo País podem crescer pelo terceiro ano consecutivo, segundo a estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A entidade prevê uma alta de 1,5% no volume de vendas na comparação com o mesmo período sazonal do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *