Não dá para falar em marketing de loja sem considerar investimentos nos canais de comunicação. Hoje o consumidor não procura o produto ou informações apenas no ponto de venda. Ele quer praticidade, comodidade e eficiência no atendimento porque ele está em todo lugar online, conectado o tempo todo.

Estar na internet é se atualizar nas tendências do varejo e atender as necessidades dos consumidores. Além dos recursos tradicionais como telefone, e-mail e mensagens de texto no celular, o mercado hoje oferece inúmeras opções para se comunicar digitalmente com o público-alvo. O portal Vitrine do Varejo traz algumas delas, para
mostrar como a loja pode ampliar a comunicação com o cliente e aumentar a lucratividade.

 

 

1. Esteja nas redes sociais

A presença da marca nas redes sociais é de grande importância para aumentar a visibilidade da loja. Hoje, grande parte das demandas é recebida por meio dessas ferramentas e o atendimento e respostas rápidas por lá podem ser um importante diferencial. Faça páginas profissionais no Facebook, Instagram e Twitter, pelo menos, uma vez que são as principais redes de relacionamento online com o cliente hoje em dia.

Importante: apesar de a sua loja depender de vendas, as redes sociais são meios onde os clientes buscam lazer e relacionamento. Assim, toques de humor, dicas e notícias são estratégias boas para atrair seu público para suas páginas.

 

2. Aplicativos de mensagens

O WhatsApp também se tornou um bom aliado do comércio varejista. É fundamental manter esse canal de comunicação especialmente para receber demandas e feedbacks do atendimento. O aplicativo de mensagens mais popular do mundo tem sido muito utilizado no meio profissional, principalmente por meio das chamadas listas de
transmissão. Aqui, o usuário tem como enviar mensagens para determinados grupos de clientes seja para divulgar produtos ou anunciar promoções.

 

3. Site

Manter um endereço virtual, com a página na internet ativa, é necessário nos tempos atuais. Ainda que a loja não pretenda investir em e-commerce a curto e médio prazo, ao menos para manter os contatos, endereço físico e os demais canais de comunicação é preciso. A visibilidade na internet, dependendo do público-alvo, às vezes é tão eficaz
do que a comunicação no ponto de venda.

 

4. Marketplace

Em caso de lojas de médio e grade porte que já estão presentes no comércio eletrônico, um canal que tem sido bastante utilizado por grandes redes é o marketplace. Esse modelo de negócio é recente no Brasil e funciona como um “shopping center virtual”, reunindo diversas lojas e marcas em um único site. Entre as vantagens para colocar a loja dentro de um marketplace é maior visibilidade, aproximação do público-alvo e ainda aumento nas vendas.

 

5. Melhorando meu relacionamento com o cliente

Mesmo que a loja já esteja presente em vários canais de comunicação, outra preocupação é em como se relacionar com o cliente e melhorar, cada vez mais, esse relacionamento.

O lojista precisa ter a preocupação de padronizar a comunicação das equipes, em especial quem lida diretamente com o atendimento ao cliente. A língua falada entre todos, na hora de se comunicar com o cliente, deve ser a mesma. É preciso manter também o consumidor sempre bem informado, atento às tendências e, para isso, os atendentes devem ter conhecimento do que é vendido e o que está em evidência no mercado.

Deixe ferramentas à disposição para a comunicação e saiba qual canal é melhor utilizar e quando utilizar. O varejista também precisa ter em mente a importância de contar com um departamento ou equipe de marketing para desenvolver melhor as ações de contato ao cliente.

O grande segredo de uma boa comunicação com o cliente é saber que, independente do canal, o importante é priorizar a satisfação dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *