Pelo menos 33% dos trabalhadores brasileiros pretendem usar o 13º salário para as compras de Natal. É o que aponta a pesquisa conjunta da Câmara Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e SPC Brasil. O levantamento teve parceria da Offer Wise Pesquisas.

Também conforme os dados, 59% dos entrevistados planejam ir às compras de Natal com dinheiro de renda extra. Desse total, 64% são mulheres e 68% pertencem às classes C, D e E.

Retomada do consumo

Para o Natal deste ano, a CNDL estima que as vendas retornem ao patamar pré-pandêmico. O otimismo é atribuído ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e a redução de casos da doença no país.

“Este ano será possível realizar festas e eventos sociais e coorporativos. Isso também estimula as compras de Natal e o consumo”, avalia o presidente da entidade, José César da Costa.

Ele ainda credita a expectativa de vendas à tradição cultural da data. “Apesar do cenário econômico preocupante, a pesquisa demonstra que a força simbólica e cultural do Natal se sobrepõe às adversidades que os brasileiros ainda lidam com a crise econômica.”

Mais de 100 milhões de consumidores

Conforme outro levantamento CNDL/SPC Brasil, 77% afirmaram estar dispostos a comprar presentes neste Natal. Esse percentual corresponde a quase 124 milhões de pessoas movimentando R$ 68,4 bilhões na economia.

Entre os pesquisados, 31% pretendem gastar mais com o Natal 2021. Além disso, 79% declararam que farão pesquisas pela internet e 85% terão nas plataformas virtuais o principal canal de compra.

Filhos e vestuário

Durante as entrevistas, a pesquisa apurou outras informações sobre o comportamento do consumidor.
Por exemplo, filhos serão os mais presenteados (62%). Já a mãe (45%) e o cônjuge (42%) ficaram, respectivamente, em 2º e 3º lugares das intenções. Porém, 69% revelaram que irão presentear a si mesmos.

Nesse cenário, a categoria de roupas é o foco de 61% dos consumidores. Logo na sequência estão brinquedos (37%), perfumes ou cosméticos (36%), calçados (36%) e acessórios (24%).

Dinheiro lidera pagamentos

Também de acordo com a pesquisa, 48% dos consumidores planejam usar dinheiro no pagamento das compras de Natal. Para 39%, a forma usada será o cartão de crédito parcelado, em média, em seis vezes.

Já o cartão de débito foi a resposta de 38% dos entrevistados. Enquanto isso, o PIX deve ser o recurso utilizado por 30% dos compradores. Diante dessa variação, é importante oferecer as melhores formas de pagamento para os clientes.

Por fim, o ticket médio dos presentes de Natal para este ano deve ser de R$ 122,78.

Gostou desse conteúdo? Se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdos como este gratuitamente e em primeira mão!

Leia também:

Descontos na Black Friday: desejo é que percentual seja acima de 40%
Novidades do Instagram podem ser aliadas dos varejistas

Conteúdo Relacionado

black friday sale 3d banner
News

Consumidores pretendem antecipar presentes de Natal na Black Friday 2021

01.novembro

A Black Friday 2021 promete superar o bom desempenho que a data teve em 2020, quando somente as vendas por e-commerce somaram R$ 7,6 bilhões. A pesquisa anual da agência de marketing digital Conversion, sobre a relação dos consumidores com a data, aponta que a intenção de compra para a edição 2021 é 14,7% maior […]

vendas nas festas de fim de ano
Varejo Alimentar

Pesquisa aponta otimismo para as vendas nas festas de fim de ano

18.outubro

A SA Varejo publicou, na semana passada, uma pesquisa feita com varejistas de todo o país sobre as expectativas com as vendas nas festas de fim de ano. Para 78,5% dos participantes, o faturamento no período será maior em comparação com 2020. No ano passado, esse percentual era de 59,8%. De acordo com o levantamento, […]

delivery-e-supermercados
News

Delivery e supermercados despontam na internet durante a pandemia

22.junho

A comodidade e a segurança de comprar pela internet fez com que os serviços de delivery e supermercados despontassem na pandemia. Em novo estudo em parceria com a Offer Wise, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que 91% dos internautas brasileiros compraram na web nos últimos 12 meses. Das mais de 20 categorias […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *